Header Ads Widget

header ads

Receita Federal acusa Globo de crime tributário

 Segundo o site https://www.msn.com/pt-br: Receita Federal analisou diversos contratos PJ (pessoa jurídica) da Rede Globo, e concluiu que a empresa tem indícios de crime tributário. Segundo o Notícias da TV, a Receita encaminhou uma “representação fiscal para fins penais” contra a emissora ao Ministério Público.

Em sua defesa, a Globo diz que todos os contratos estão dentro da lei, e que está ciente de que qualquer empresa é sujeita à fiscalização, mas que entrará com o direito de defesa. O documento enviado ao MP acusa que os prestadores de serviço atuaram “em conluio com a Globo” afim de forjar uma relação de trabalho para pagar menos impostos.                                                                                                                                         

Quatro diretores da emissora foram citados no documento, dos quais dois continuam na empresa. São eles: Jorge Nóbrega e Marcelo Soares. Os que não estão mais na Globo, são: Carlos Henrique Schroder e Rossana Fontenele. Caso sejam condenados, tanto a emissora quanto os prestadores poderão pagar multa.

Postar um comentário

0 Comentários