quinta-feira, 25 de fevereiro de 2021

Síndrome de Haff: irmãs estão internadas com 'doença da urina preta' em Pernambuco

 Segundo o site https://interior.ne10.uol.com.br: "Minha filha está muito mal na UTI", disse a mãe de uma das mulheres internadas por causa de toxina presente no peixe.

Duas mulheres pernambucanas adoeceram e precisaram ser internadas após comerem o peixe Arabaiana, uma espécie conhecida popularmente como "olho de boi". Uma delas está em uma Unidade de tratamento Intensivo (UTI) e a outra foi atendida em uma enfermaria de um hospital do Recife. As irmãs foram diagnosticadas com síndrome de Haff, conhecida também como doença da urina preta.                                                                                                                                                  A síndrome é causada por uma toxina presente no peixe. Ela provoca lesão muscular e também afeta os rins. É uma doença rara que acontece de forma repentina e que é caracterizada pela ruptura das células musculares, o que leva ao aparecimento de alguns sinais e sintomas como dor e rigidez muscular, dormência, falta de ar e urina preta, semelhante à café.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário