Header Ads Widget

header ads

Pernambuco iniciou 2021 com redução de crimes violentos letais, diz SDS

 Segundo o site https://www.diariodepernambuco.com.br: Pernambuco iniciou o ano com redução nos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs), segundo dados da Secretaria de Defesa Social (SDS).

 Os números apontam que em janeiro de 2021, houve 297 homicídios, contra 336 casos no mesmo período de 2020. O recuo de 39 mortes, no comparativo, corresponde a uma diminuição percentual de 11,6%. De acordo com a secretaria, esse foi o janeiro com mais baixa incidência de assassinatos desde 2014, que teve 256 óbitos, segundo a série histórica do Pacto pela Vida. Também houve uma redução de 6,86% das queixas de violência doméstica e familiar contra a mulher em todo o Estado.

“Em janeiro, desencadeamos a Operação Zodíaco em 12 Áreas Integradas de Segurança onde houve maior incidência de crimes e, nesses territórios, a retração dos CVLIs foi de 20%, o que colaborou para a diminuição global. Continuaremos fazendo as fiscalizações sanitárias e empregando o efetivo que estaria garantindo o Carnaval em ações de prevenção e repressão qualificada às organizações criminosas, especialmente aquelas envolvidas no tráfico de drogas, responsável por 70% das vidas perdidas em Pernambuco”, afirmou o secretário de Defesa Social, Antonio de Pádua.

De acordo com a secretaria, a Região Metropolitana, tirando a capital Recife, apresentou retração de 95 para 82 na mesma comparação (-13,68%). Já a Zona da Mata obteve -2,74% ao reduzir de 73 para 71 o número de mortes violentas. No Sertão, houve 37 homicídios tanto em janeiro de 2020 quanto no de 2021. Nos municípios de Cedro, Mirandiba, Parnamirim, Salgueiro, Serrita, Terra Nova e Verdejante, a SDS não registrou morte violenta intencional ocorrida em janeiro. Segundo a secretaria, o Recife contou um crime violento a mais, tendo passado de 47 para 48 na confrontação entre esse ano e o anterior.

Para a Secretaria de Defesa Social, o Agreste é a região que fechou janeiro com a retração mais expressiva (-29,76%), tendo caído de 84 vítimas de CVLI em janeiro de 2020 para 59 no mesmo mês em 2021. “Na AIS-14, que tem sede em Caruaru e alcança outros 14 municípios, os 18 CVLIs de janeiro passado representaram o menor número de vítimas dos últimos 20 meses. Ficou acima apenas de maio de 2019, com 17 mortes”, informou a secretaria.

“A redução dos homicídios significa a proteção de vidas, tanto de possíveis vítimas e alvos, como de familiares e pessoas próximas que, de alguma forma, deixaram de ter contato com a violência e seus e feitos negativos. Para os profissionais que fazem a segurança pública, essa é a maior recompensa”, finalizou o secretário Antonio de Pádua.                                         Violência contra mulher diminui

De acordo com a Secretaria de Defesa Social, em janeiro de 2021 contabilizaram-se 3.818 denúncias de violência doméstica, contra 4.099 no mesmo período do ano passado. Para a secretaria, isso significa uma redução de 6,86% em crimes de violência doméstica e familiar contra a mulher.

A região onde os crimes contra mulher mais recuou, segundo a SDS, foi no Sertão (-9,72%), seguido pelo Agreste (-7,64%), Zona da Mata (-6,39%), e Região Metropolitana (-5,17%). A Capital pernambucana aponta em -5,86%.

“Também em queda, as estatísticas de estupro começam o ano com retração de 8,19%. Em janeiro de 2020, computaram-se 232 crimes de estupro, enquanto em janeiro deste ano foram 213. No primeiro mês deste ano, 25 mulheres foram assassinadas, sendo 9 casos qualificados como feminicídios. No mesmo período de 2020, 21 mulheres perderam a vida para a violência, e em 8 desses crimes a polícia apontou o feminicídio como motivação”, informou a secretaria.



Confira a relação dos 85 municípios que não tiveram registro de crimes violentos em janeiro de 2021, incluindo Fernando de Noronha:

Abreu e Lima, Afogados da Ingazeira, Afrânio, Agrestina, Alagoinha, Aliança, Altinho, Angelim, Araripina, Barra de Guabiraba, Belém de São Francisco, Bodocó, Bom Conselho, Brejinho, Buenos Aires, Cabrobó, Cachoeirinha, Calumbi, Camutanga, Canhotinho, Capoeiras, Carpina, Catende, Cedro, Correntes, Exu, Feira Nova, Fernando de Noronha, Frei Miguelinho, Granito, Iati, Ibirajuba, Inajá, Ingazeira, Itacuruba, Itapetim, Jaqueira, Jataúba, Jatobá ,Jucati. Jupi. Lagoa do Ouro, Lajedo, Machados, Manari, Maraial, Mirandiba, Moreilândia, Palmeirina, Parnamirim, Passira, Poção, Quixaba, Ribeirão, Rio Formoso, Sairé, Salgadinho, Salgueiro, Santa Cruz, Santa Cruz da Baixa Verde, Santa Filomena, Santa Maria da Boa Vista, Santa Maria do Cambucá, Santa Terezinha, São Benedito do Sul, São Bento do Una, São Joaquim do Monte, São José da Coroa Grande, Serrita, Solidão, Surubim, Tacaimbó, Tacaratu, Tamandaré, Taquaritinga do Norte. Terezinha, Terra Nova, Toritama, Triunfo, Tupanatinga, Venturosa, Verdejante, Vertente do Lério, Vertentes, Xexéu.

TAGS: secretaria | social | defesa | agreste | metropolitana | recife | queixas | mulheres | vida | denúncias | segurança | violência | homicídios | sds | 

Postar um comentário

0 Comentários