Header Ads Widget

header ads

Número de roubos em Pernambuco cai 33,8% em um ano

 Segundo o site https://ricardoantunes.com.br: Total de boletins de ocorrência por assaltos é o menor desde 2013, quando foram 51.406 casos, segundo o governo. Dezembro teve redução de 29,86% em crimes do tipo.

Do G1 — O estado de Pernambuco registrou 52.714 roubos ao longo de 2020, número 33,8% menor que os 79.629 de 2019. A Secretaria de Defesa afirmou que o ano passado teve a menor quantidade de crimes violentos contra o patrimônio (CVPs) desde 2013, quando foram 51.406 boletins de ocorrência do tipo.                                                                              Os CVPs incluem roubos de veículos, celulares, cargas, ônibus, entre outros. Somente em dezembro, segundo os dados divulgados nesta quinta-feira (14), ocorreram 4.005 crimes do tipo, contra os 5.710 de dezembro de 2019, o que representou uma diminuição de 29,86% no total de boletins de ocorrência do tipo.                                                                                          Em meio à pandemia de Covid-19, o número de registros oficiais de roubos no Recife atingiu o menor patamar da série histórica da SDS, iniciada em 2005, quando foram contabilizados 29.582 crimes.                                                                                                  Foram 17.781 boletins de ocorrência na capital pernambucana por CVP em 2020. O menor total havia sido registrado em 2013, com 19.958 crimes do tipo. Em comparação com as 28.778 queixas de com 2019, a redução na capital foi de 38,1%. O Sertão reduziu em 28,16% o número de boletins de ocorrência de CVP, indo de 4.045 para 2.906.

Na Zona da Mata, a população denunciou 5.093 crimes violentos contra o patrimônio no ano passado, diminuição de 34,03% comparando aos 7.720 de 2019.

O Agreste apresentou queda de 32,51%, saindo de 14.908 para 10.062 casos. Percentual próximo ao da Região Metropolitana, excluindo os dados da capital, onde os roubos diminuíram de 24.178 para 16.872, ou -30,22%     


Postar um comentário

0 Comentários