quinta-feira, 21 de janeiro de 2021

Na Índia, incêndio atinge maior fabricante de vacinas no mundo

 Segundo o site https://www.noticiasaominuto.com.br/mundo: O Brasil está tentando importar 2 milhões de doses de vacina Covishield que viriam do Instituto Serum

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Um incêndio registrado nesta quinta-feira (21) atingiu o Instituto Serum, que produz vacinas Covishield contra a Covid-19. Elas são desenvolvidas em parceria entre AstraZeneca e Universidade de Oxford na cidade de Pune.  Segundo o jornal Times of India, o fogo não atingiu os imunizantes. Ainda não há informações sobre vítimas.

A informação inicial, não confirmada, é que o incêndio só atingiu 2 andares do Terminal 1, onde está sendo construída uma nova fábrica. Bombeiros foram até o local para o controlar o fogo.                                                                                                                                        O Brasil está tentando importar 2 milhões de doses de vacina Covishield que viriam do Instituto Serum.

Na semana passada, o governo federal preparou um avião para buscar a carga, mas o governo indiano não liberou as doses, então o avião não decolou. Nesta semana, a Índia anunciou que ia começar a exportação de vacinas, mas não colocou o Brasil entre as prioridades.

Para tentar amenizar o fracasso na entrega de doses da vacina Oxford/AstraZeneca, o governo brasileiro tem discutido com autoridades indianas a divulgação de um comunicado público no qual o país asiático garanta que elas serão enviadas ao Brasil no curto prazo.

Segundo relatos feitos ao jornal Folha de S.Paulo, nos últimos dias negociadores do governo entraram em contato com diplomatas indianos para solicitar uma posição que arrefeça o mal-estar criado com a demora no envio de imunizantes contra o coronavírus.

A avaliação entre auxiliares do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) é que os sucessivos adiamentos na liberação da carga têm gerado desgaste para o Palácio do Planalto, que apostava na importação para o dar o pontapé na campanha de imunização no Brasil. Uma cerimônia estava sendo preparada para o ato, mas acabou desmobilizada diante do fracasso da operação.

Leia Também: Brasil pede à Índia garantia e previsão de entrega de vacinas contra Covid     

Nenhum comentário:

Postar um comentário