Header Ads Widget

header ads

Família de jovem estuprada e esfaqueada em Caxias saiu da Maré por causa da violência

 Segundo o site https://odia.ig.com.br: Rafaella Horsth foi violentada e morta a facadas na rua de casa, na última quinta-feira

Rio - A família de Rafaella Horsth, de 19 anos, tinha se mudado da favela Nova Holanda, no Complexo da Maré, há pouco mais de um ano por causa da violência. Os pais da jovem, que foi morta esfaqueada após ser estuprada na rua de casa em Duque de Caxias, na última quinta-feira, quiseram fugir da violência do conjunto de favelas da Zona Norte do Rio.

"Eles se mudaram em dezembro de 2019 para tirar minhas irmãs da favela. As coisa estão mudando muito, então, a gente sai da comunidade em busca de algo melhor, foi o que eles fizeram", conta a contadora Nathalia Horsth, 27, irmã de Rafaella, que continua morando na Nova Holanda.




                                           Rafaella tinha apenas 19 anos

Postar um comentário

0 Comentários