sexta-feira, 11 de dezembro de 2020

SURUBIM: Ana Célia formata segunda gestão com equipe mais engajada e eficiente

 Segundo o site http://www.albericocassiano.com.br: A prefeita reeleita de Surubim, Ana Célia Farias(PSB), trabalha para formatar o segundo governo. A ideia é dá uma arrumada na casa e fazer a gestão mais eficiente.

A tarefa deve ocorrer sem mexer muito no secretariado. Até existe a intenção de substituir alguns ocupantes, mas haveria dificuldades de se encontrar novos titulares. 

De acordo com "apuração de nossa reportagem, que conversou em reserva com diversas fontes socialistas", ao invés de trocar nomes, seria proposta uma mudança de atitude dos ocupantes das pastas, com a cobrança de mais comprometimento e dedicação que o cargo exige e mais engajamento político com a gestão. 

Até o final da próxima semana, a prefeita reúne o secretariado para fazer um balanço e avaliar a gestão. Na ocasião, deverão ser anunciadas as possíveis modificações e os caminhos do segundo mandato. 

Sem mexer muito nas secretarias, a prefeita pretende mudar boa parte dos diretores. Com um segundo escalão praticamente novo, as secretarias ganhariam 'ânimo' e produtividade.     

PADRÃO - de todo primeiro escalão, a secretária de Assistência SocialPenélope Andrade, é a que chega mais fortalecida ao segundo governo Ana Célia. Técnica dedicada, deu conta do comando da pasta. "Além de engajada na gestão socialista, atuou na linha de frente da reeleição. É o perfil que a prefeita Ana Célia deseja que os ocupantes das secretarias sigam nos próximos quatro anos".

NOVIDADE - na segunda gestão, Ana Célia vai criar a secretaria da Mulher. Como primeira prefeita da história de Surubim, é um gesto até simbólico, porém estratégica política importante. Para ocupar o cargo, a prefeita já escolheu a psicóloga Vanessinha Albuquerque, que disputou a eleição para Câmara Municipal, pelo PSB e conquistou 390 votos. A futura secretária é militante dos movimentos sociais e defensora das causas das minorias.

CONFIANÇA - o secretário de Infraestrutura, Carlos Maurício Guerra, segue no cargo. "Ele vem sendo atingido pelo 'fogo amigo'. Por não ter se afastado da secretaria durante a campanha da filha", vereadora eleita Beatriz Guerra(PSB), parte dos 'aliados' sugerem a saída dele da pasta. Entretanto, "Carlos Maurício é sinônimo de confiabilidade para a alta cúpula do partido e da prefeita. Pode não ser excelente técnico, porém é político e habilidoso, duas características essenciais para conduzir a pasta". 
Para se recuperar do desgaste da campanha, "entra na segunda gestão focando na imagem do gerente das obras de Ana Célia".  

Recentemente, após a eleição, esteve com a prefeita acompanhado o início da execução do asfalto da rua Benjamim Constant, e gravou vídeo diulgado nas mídias sociais com a socialista destacando a importância da obra e frisando a realização futuras ações. 

'POSTO IPIRANGA' - assistente social por formação, Ana Celia não conseguiu estabelecer a mesma sintonia que teve na secretaria de Assistência Social com a Educação. A relação com os professores foi complicada e gerou muito desgaste. Nesta segunda gestão, ela já definiu que "vai delegar a pasta ao vice, professor Edigar Barbosa(PSDB). Ana Célia quer deixar claro para os professores que Educação é com Edigar".

A secretaria Joelma da Mata deverá ser mantida, entretanto, o vice prefeito "terá um papel fundamental para formatar a pasta". Professor Edigar "anunciou não vai deixar o trabalho na escola estadual Maria Cecília", mas como vice dará "suporte na condução da secretaria". A principal missão já está em curso: conversar e repactuar "a relação dos professores com a prefeita, renegociando os salários da categoria e possível pagamento de rateio de verbas do governo Federal". A tendência é que a conversa avance, sobretudo 'pela capacidade de negociação do vice'.

MERITOCRACIA - a 'Saúde não é bem avaliada pela população, e este problema é uma dor de cabeça que tirou muitas noites de sono da prefeita". O maior entrave para a máquina funcionar na saúde seria o pouco comprometimento de parte de ocupantes de cargos técnicos e até mesmo de chefia. A "Saúde precisa de pulso firme, da visão politica e das decisões técnicas. Há muitas situações que, hoje passam, mas que não podem ser admitidas".   

Para aliados próximos da   prefeita, de vários setores da  gestão, a mudança de postura na gestão da saúde pode ocorrer internamente. O diretor da policlínica Estefânia Farias, Wagner Barbosa, assumiria a secretaria de Saúde, por se encaixar bem no perfil procurado por Ana Célia. Neste caso, é possível que atual secretário, Thyago Pedrosa, assuma o comando da Upa do Coqueiro ou mesmo a Policlínica Estefânia Farias, que no pós-Covid-19, vai funcionar com várias especialidades médicas.   

A PROCURA - embora pretenda mudar as pastas de Agricultura e Defesa Social, a prefeita ainda não encontrou nomes e teria dificuldades para substituir os atuais secretários, José Mariano e Danielson Gomes, respectivamente. 

FICAM - outros secretários também já estariam confirmados: Antônio Gildácio (Controle Interno), Danusa Piancó(Administração), Aniervson Souza(Juventude), Sandoval Lima(Chefe de Gabinete),e o genro da prefeita, Eduardo Cavalcanti (Finanças).

Com esses ajustes, a prefeita Ana Célia Farias pretende começar o próximo mandato com a 'casa organizada', e seguir com as ações que deram visibilidade a esta gestão, neste final de primeiro mandato também pelos próximos quatro anos.

Fotos: 1;2 - Divulgação/Prefeitura de Surubim / 3;4;5 - Reprodução Google; Facebbok / 6 - Surubim News (Lulu). 

Da Redação, Alberico Cassiano.             

Nenhum comentário:

Postar um comentário