Header Ads Widget

header ads

Pai é preso por estuprar a própria filha em Nova Hartz

 Segundo o site https://independente.com.br: Crime ocorreu ao longo de cinco anos.

Na última semana um pai foi preso por estuprar a própria filha pelo período de cinco anos, em Nova Hartz, município da região metropolitana de Porto Alegre. A vítima, conforme relatado aos agentes, foi abusada dos 10 aos 15 anos.

O caso veio à tona através de denúncia da adolescente, que procurou a polícia acompanhada da mãe no dia 26 de novembro. A equipe da Polícia Civil, coordenada pelo delegado Fernando Branco, abriu inquérito, investigou e prendeu o acusado de 38 anos 20 dias depois.

Após a decretação da prisão preventiva o homem chegou a ficar foragido por cerca de 10 dias. No dia 9 de dezembro, o acusado se entregou na Delegacia de Nova Hartz, na presença do seu advogado. Após as formalidade de praxe o criminoso foi recolhido ao sistema prisional.

Ao ser ouvida, a vítima revelou que ainda na infância, com 10 anos, começou a ser abusada pelo pai dentro de casa. No começo ela não fazia ideia do que estava acontecendo. O pai usava de momentos distantes da esposa para abusar da filha. Com o passar do tempo, os estupros se tornaram mais constantes, chegando a acontecer de três a quatro vezes por semana.

De acordo com o delegado, quando a filha passou a ficar mais velha e tomando ciência do que estava acontecendo, o homem passou a lhe fazer pressão psicológica. Ele ameaçava se matar caso a filha denunciasse o que fazia. Com medo e sentindo culpa, ela se mantinha em silêncio. No mês de novembro deste ano, após conversa com um conhecido, a adolescente tomou coragem e denunciou a situação a sua família. MS/Jornal Repercussão

Postar um comentário

0 Comentários