Header Ads Widget

header ads

Aprenda fazer um delicioso Bolo de Paçoca de Amendoim

 Segundo o site https://www.noticiasaominuto.com.br: Representaram a instituição pernambucana o vice-presidente da ACS-PE, Luiz Carlos Cavalcanti Torres, e o diretor financeiro, Sérgio Bartolomeu Pereira Lins.

A Associação de Cabo e Soldados de Pernambuco (ACS-PE) participou do XX Fórum Nacional das Entidades Representativas de Policiais e Bombeiros Militares. O evento, que aconteceu na cidade de Belém, capital do Pará, iniciou na última quinta-feira, 10 de dezembro, e reuniu diversos militares brasileiros. Representaram a instituição pernambucana o vice-presidente da ACS-PE, Luiz Carlos Cavalcanti Torres, e o diretor financeiro, Sérgio Bartolomeu Pereira Lins.

O evento foi promovido pela Associação dos Cabos e Soldados da Polícia e Bombeiros Militares do Pará (ACSPMBMPA), em parceria com a Associação Nacional de Entidades Representativas de Policiais Militares e Bombeiros Militares (ANERMB). No primeiro dia de encontro, por exemplo, representantes de entidades militares em uma programação de palestras e apresentações.

                                                          Vice-presidente da ACS-PE

O fórum contou com a presença de representantes de Associações dos Estados do Acre, Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraíba, Paraná, Piauí, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo e Sergipe.

“Acredito que o evento foi um sucesso. A ACS enviou dois representantes para aprender um pouco mais e trazer novas ideias para o nosso estado de Pernambuco. Nossa instituição tem o objetivo de trabalhar o bem-estar do militar e, esses eventos, sejam estaduais, regionais ou nacionais tem um poder de ajudar na promoção e no fortalecimento de cada associação. Ser militar não é uma tarefa fácil em nosso país, mas seguimos firmes na luta”, afirmou o presidente da ACS, Alberisson Carlos.

Segurança

Associação de Cabos e Soldados de Pernambuco (ACS-PE), por meio do presidente,  Albérisson Carlos, se solidariza com a família dos policiais assassinados recentemente.

A instituição que trabalha na promoção e no cuidado dos militares pernambucanos cobra dos órgãos competentes mais segurança aos profissionais que arriscam diariamente a vida em prol da segurança de milhares de cidadãos e vem sofrendo com as mortes de sua tropa em confrontos contra os bandidos.

Os fatos das mortes de policiais acontecem diariamente em diversas cidades brasileiras. No início da semana, no estado do Rio de Janeiro, um cabo da Polícia Militar foi baleado após ser surpreendido por um assaltante, no momento em que o militar estava prendendo outro suspeito da ação. As imagens tomaram conta das redes sociais e causaram comoção entre os internautas. Os suspeitos envolvidos na ação foram presos e o policial foi encaminhado para o hospital em estado gravíssimo, vindo a óbito.

No estado de Pernambuco, câmeras de segurança flagraram o assassinato de um policial militar de Alagoas na cidade de Ipojuca, Litoral Sul do Estado. O caso repercutiu no fim de novembro. Vídeos do circuito de segurança flagraram o momento em que o suspeito se aproxima da vítima e, logo em seguida, efetua um disparo de arma de fogo na cabeça do soldado.

Ver mais: 

>> ACS-PE lamenta morte de Ray Lira, sargento do Corpo de Bombeiros

>> ACS-PE entra com pedido de execução do subsídio para os Militares

>> ACS-PE permanece em defesa da categoria em busca de conquistas

De acordo com o artigo 5º da Constituição Federal que garante as brasileiros e estrangeiros residentes no país a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade. Valorizar os profissionais que estão na “linha de frente” deve ser uma pauta prioritária nos governos estaduais e federais. A ACS-PE defende a vida em primeiro lugar.



Postar um comentário

0 Comentários