domingo, 1 de novembro de 2020

Apesar da pandemia, comerciantes têm boa expectativa para as feiras de fim de ano em Caruaru

 Segundo o site https://g1.globo.com/pe/caruaru: A época pode ser uma boa oportunidade para a recuperação econômica.

Na época do final de ano, os trabalhos costumam se intensificar entre os feirantes e fabricantes. As vendas aumentam e o ritmo de produção é acelerado para suprir as altas demandas. Todo ano as prefeituras e representantes estabelecem as datas para a realização da Sulanca, em Caruaru, nos meses de novembro e dezembro.

As datas especiais da feira da Sulanca são importantes para os                     feirantes  em 2020, não só pela abertura econômica, mas                      principalmente pela recuperação para os vendedores que ficaram                         meses parados devido a pandemia da Covid-19.

A empresária Jeieli Sousa trabalha na produção de camisas de tecido               plano. Em dezembro do ano passado, ela vendeu 20 mil peças.                           A expectativa para esse mesmo período deste ano é um crescimento                 de pelo menos 50%.                                                                                                  ''Temos uma expectativa boa, porque, apesar do período de pandemia,                os clientes continuaram vendendo suas peças pela internet, então eles precisam de reposição, por isso temos uma boa expectativa. O que                    pode interferir na nossa produção seria a disponibilidade da matéria                     prima, pois estamos sentindo falta desses materiais'', destacou Jeieli.

Em um dos melhores períodos do ano para a Sulanca, as feiras de                            maior movimento chegam a receber entre 70 e 100 mil pessoas.                    São mais de  R$ 50 milhões de negócios por feira.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário