quarta-feira, 7 de outubro de 2020

76ª fase da Lava Jato mira diretoria da Petrobras

Segundo o site https://ricardoantunes.com.br: Operação busca aprofundar as investigações sobre práticas criminosas cometidas na Diretoria de Abastecimento da Petrobras, especificamente na Gerência Executiva de Marketing e Comercialização.

Do G1 — A Polícia Federal cumpre três mandados de busca e apreensão na 76ª fase da Operação Lava Jato, na manhã desta quarta-feira (7), no do Rio de Janeiro.                            A ação foi batizada de Sem Limites III e investiga crimes de corrupção passiva, organização criminosa e de lavagem de dinheiro em um esquema de recebimentos de vantagens indevidas envolvendo a diretoria de Abastecimento da Petrobras, e o setor de gerência executiva de marketing e comercialização.                                                                                  De acordo com os delatores da 57ª fase da operação, funcionários da Petrobras, que eram responsáveis pelas negociações de compra e venda de bunker e diesel marítimo, recebiam vantagens indevidas para favorecê-las nas negociações de fornecimento de combustíveis marítimos no varejo para abastecimento dos navios a serviço da Petrobras em portos estrangeiros.

As comissões eram geradas a partir da celebração das operações comerciais, e os executivos realizavam os pagamentos dos funcionários públicos com auxílio de um operador financeiro e mediante a celebração de contratos fictícios para geração de recursos em espécies.

Também foi possível perceber ao longo das investigações, segundo a PF, que os funcionários da estatal também repartiam os valores de propina com outros agentes públicos da gerência executiva de marketing e comercialização.



Nenhum comentário:

Postar um comentário