quarta-feira, 9 de setembro de 2020

4 de cada 10 multinacionais planejam demissões

 Segundo o site https://www.linkedin.com: Quatro em cada 10 presidentes de multinacionais planejam fazer demissões nos próximos 12 meses, indica um levantamento do centro de pesquisa The Conference Board em parceria com o fórum empresarial The Business Council. Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem Coca-Coca, American Airlines e Estée Lauder estão entre as empresas de diversos segmentos que já anunciaram cortes nas últimas semanas diante da crise provocada pela pandemia. Ainda segundo a pesquisa, quase 40% dos presidentes de multinacionais pretendem cortar em mais de 10% investimentos planejados antes da crise.  Um levantamento recente feito pelo The Conference Board, respeitado centro de pesquisa, em parceria com o fórum empresarial The Business Council revela que quatro em cada dez presidentes executivos de multinacionais pretendem fechar vagas ao longo dos próximos 12 meses.


Grandes empresas de setores diversos –como Coca-Coca, Boieng, American Airlines e Estee Lauder– estão entre as que já anunciaram cortes nas últimas semanas.
Por um lado, a incerteza de trabalhadores em relação ao futuro de sua renda os leva a moderar gastos. Por outro, a incerteza de empresários em relação ao futuro do consumo os leva a frear investimentos.

O resultado dessa equação também foi capturado pela pesquisa do The Conference Board. Quase 40% dos cerca de 100 presidentes de empresas entrevistados afirmaram que devem cortar em mais de 10% investimentos planejados anteriormente.                                                                                                            

Editora no LinkedIn Notícias

       

Nenhum comentário:

Postar um comentário