quinta-feira, 9 de abril de 2020

Ceará registra 95 internações por coronavírus em um dia

Segundo o site https://www.opovo.com.br49 pacientes estão internados em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI)Prefeitura está construindo hospital de campanha no estádio Presidente Vargas para atender à demanda de pacientes com covid-19Prefeitura está construindo hospital de campanha no estádio Presidente Vargas para atender à demanda de pacientes com covid-19 (Foto: Aurelio Alves/O POVO)
Nesta terça-feira, 7, o Ceará registrou 95 internações de pacientes com testagem positiva para a infecção pelo novo coronavírus, a Covid-19. Cerca de 51% das internações foram de pacientes em Unidades de Terapia Intensiva (UTI), o equivalente a 49 casos. Quanto aos casos ainda mais graves da doença, 39 pacientes foram internados com uso de ventilação mecânica por causa de insuficiências respiratórias. As informações constam no boletim epidemiológico da Secretaria de Saúde do Ceará (Sesa).
No total, o Ceará apresenta 134 pacientes internados devido a infecção pelo novo coronavírus. Destes, 46 estão na ala de enfermaria de hospitais do Estado. Em relação aos casos suspeitos, que ainda aguardam resultado do teste para coronavírus, são 275 pacientes internados. Ao todo, 4076 testes ainda não tiveram resultado divulgado.                                                              Até as 18 horas desta terça-feira, o Ceará registrou 40 mortes em decorrência da nova doença. No Estado, são 1188 pessoas infectadas pelo novo coronavírus. Um aumento de nove óbitos e de 165 casos com relação à segunda-feira, 6.
Na segunda-feira, 6, o boletim da Sesa mostrava um aumento de 2,1% nas internações. No Estado, seis municípios registram internações em decorrência da nova doença. Fortaleza concentra a maior parte dos registros, com 88 pacientes internados. Em seguida, está o município de Quixeramobim, com três internações e Juazeiro do Norte com duas. Sobral e Caucaia completam a relação com uma internação cada.
Fortaleza foi identificada pelo Ministério da Saúde, como a capital com maior índice de infecção por habitante. A cada 100 mil pessoas de Fortaleza, a análise do Ministério apontou que cerca de 35 estão infectadas com a Covid-19. Ao divulgar o estudo, o titular da pasta, Henrique Mandetta chegou a afirmar que se estivesse em Fortaleza estaria “extremamente preocupado", devido a incidência de casos na região. A Capital está sob análise constante, segundo ministro. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário