segunda-feira, 9 de março de 2020

Chega a 27 número de notificações para o novo coronavírus em Pernambuco; nove seguem em investigação

Segundo o site https://g1.globo.com/pe/pernambucoSegundo a Secretaria Estadual de Saúde, 18 casos foram descartados. Balanço divulgado neste domingo (8) tem quatro notificações a mais que no sábado (7).Secretaria Estadual de Saúde de Pernambuco fica no Bongi, na Zona Oeste do Recife — Foto: Pedro Alves/G1                                                             Chegou a 27 o número de notificações de infecção pelo vírus Sars-Cov-2, o novo coronavírus, em Pernambuco. Neste domingo (8), de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (SES), houve quatro novas notificações, sendo que nove casos seguem como suspeitos e 18 já foram descartados. No balanço divulgado no sábado (7), havia 23 notificações para a Covid-19, doença causada pelo novo vírus.
Pernambuco, até este domingo, não registrou nenhuma confirmação                para a Covid-19. No Brasil, no entanto, houve seis novas confirmações                e o país tem, agora, 25 casos confirmados. Do total, 21 casos são  importados e quatro são de transmissão local. Há, ainda, 663 casos            suspeitos e 632 descartes, segundo o Ministério da Saúde.
De acordo com o boletim divulgado pela SES neste domingo (8), os         pacientes com casos suspeitos em Pernambuco têm histórico de                passagem pela FrançaInglaterraItáliaEspanhaHolandaAlemanha, Suíça               e Estados Unidos, países que têm transmissão local do vírus.
No estado, três pacientes estão hospitalizados em unidades privadas                de saúde. Os outros seis casos investigados estão em isolamento            domiciliar, sendo quatro no Recife e dois em Jaboatão dos                     Guararapes,  na Região Metropolitana.                     Dicas de prevenção contra o coronavírus — Foto: Arte/G1                                                                                   Os casos notificados foram atendidos em hospitais privados do                   Recife e de Olinda e no Hospital Universitário Oswaldo  Cruz (Huoc),                  no Centro da capital pernambucana. Em um dos casos,                                     não houve atendimento hospitalar  e a coleta do material                               laboratorial para o exame foi feita na casa do paciente,                                          por uma equipe de saúde  municipal.                                                                      Confira o local de residência dos pacientes

Nenhum comentário:

Postar um comentário