terça-feira, 31 de março de 2020

Alunos e professores da UFPE produzem álcool 70% para doar a hospitais e outras instituições

Segundo o site https://g1.globo.com/pe/pernambucoAção é do Departamento de Ciências Farmacêuticas. Equipes pedem doação de vasilhames para colocar o produto, usado no enfrentamento ao novo coronavírus.Hospital das Clínicas da UFPE                                            A Universidade de Federal de Pernambuco (UFPE) está produzindo álcool 70%, que é um dos                principais produtos que estão sendo usados no enfrentamento à pandemia do novo coronavírus.                            O produto é destinado a doações para instituições públicas e hospitais do Sistema Único de Saúde (SUS) (veja vídeo acima).
Nesta segunda-feira (30), Pernambuco confirmou que havia                         registrado seis mortes provocadas pela Covid-19, doença                       provocada pelo novo coronavírus. O boletim também apontou                           que o estado tinha 77 casos confirmados.
Também nesta segunda, os alunos e professores da UFPE                           entregaram 100 litros de álcool 70% ao Instituto de Criminalística (IC).               O produto será usado pelos integrantes da Polícia Científica e pelos trabalhadores do Instituto de Medicina Legal( IML), no Recife.
Outros 500 litros de álcool já tinham sido entregues para a Secretaria                    de Saúde de Caruaru, no Agreste. O material será repassado para                  hospitais públicos.
O álcool está sendo produzido pelo Departamento de Ciências                 Farmacêuticas da UFPE, no campus do Recife, na Zona Oeste.
Para manter o trabalho, os alunos e professores pedem apoio para              conseguir armazenar a produção. 'Precisamos de recipientes de vários tamanhos. Pode ser vasilhame já usado, mas tem que ser rígido",                   afirmou Beate Santos, professora do departamento.                                              A equipe também precisa de doação de outros equipamentos de             proteção, como máscaras, luvas e toucas. Eles pedem doação de                insumos, como água.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário