sábado, 8 de fevereiro de 2020

Mulher é presa ao inventar sintomas do coronavírus para ter prioridade em UPA

Segundo o site https://odia.ig.com.brA suspeita da doença mobilizou e alarmou funcionários da UPA de Copacabana, que acionou a Vigilância Sanitária Estadual e Municipal, que chegou a notificar o Ministério da Saúde. Claudete Maria Rosa da Silva acabou presa pela 12ª DP (Copacabana)Mulher simulou estar com sintomas de coronavírus em UPA de Copacabana e acabou presaMulher simulou estar com sintomas de coronavírus em UPA de Copacabana e acabou presa - 
Rio - Uma mulher foi presa ao simular sintomas do coronavírus para ter prioridade numa Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Copacabana, na Zona Sul do Rio, na última sexta-feira. A suspeita da doença mobilizou e alarmou funcionários do hospital, que acionou a Vigilância Sanitária Estadual e Municipal, que chegou a notificar o Ministério da Saúde. Claudete Maria Rosa da Silva acabou presa pela 12ª DP (Copacabana).
Claudete foi presa ainda na UPA pelos policiais da delegacia eles serem informados pelos familiares que ela não tem passaporte e nunca viajou para fora do país. O fato foi confirmado pela polícia com o Departamento de Polícia Federal (DPF). 
De acordo com a delegada Valéria Aragão, titular da 12ª DP, os policiais foram alertados do caso através das redes sociais e foram até a UPA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário