Grávida é libertada de cárcere privado em Jacuípe, AL, após denúncia

Segundo o site https://g1.globo.comAvó da vítima fez a denúncia em Garanhuns e a polícia de Alagoas foi acionada.Uma mulher grávida de sete meses foi libertada de cárcere privado na noite de quinta-feira (6), na Zona Rural do município de Jacuípe, em Alagoas. Ela foi resgatada por equipes da Patrulha Maria da Penha e da 2ª Companhia de Polícia Militar Independente. A vítima foi levada para um abrigo e o agressor foi preso.

A avó da mulher grávida denunciou que a neta era mantida em cárcere privado à Secretaria de Política Para as Mulheres de Garanhuns. A secretaria enviou a denúncia para a polícia alagoana. A avó contou que a neta havia conseguindo entrar em contato rapidamente e dito que o companheiro não permitia que ela tivesse acesso a telefone e a internet.
De acordo com a Polícia Militar de Alagoas, a vítima convivia há quase dois anos com o agressor. Ela morou em Garanhuns, em Pernambuco, até outubro de 2019, quando se mudou para o interior de Alagoas.
As equipes da Polícia Militar de Alagoas se deslocaram até o assentamento Boa Vista e constaram o cárcere privado. A mulher confirmou a denúncia feita pela avó.
O homem foi levado para a 8ª Delegacia Regional de Polícia, em Matriz do Camaragibe, e a vítima foi encaminhada a um abrigo.

Comentários