segunda-feira, 3 de fevereiro de 2020

Ataque a tiros deixa quatro feridos e um bebê morto em Porto Alegre

Segundo o site https://gauchazh.clicrbs.com.brAtirador desceu de automóvel e efetuou disparos contra um grupo no bairro Partenon Por volta das 17h30min deste domingo (2), um ataque a tiros deixou quatro pessoas feridas e provocou a morte de um bebê de aproximadamente um ano e meio de idade, conforme informações preliminares. O crime ocorreu na vila Maria da Conceição, bairro Partenon, zona leste de Porto Alegre.
Os feridos, que estão em atendimento em um hospital da Capital, são dois homens e duas mulheres. A Polícia Civil trabalha com a hipótese de disputa por pontos de tráfico de drogas entre grupos rivais.
Segundo os primeiros relatos, um carro com um número ainda incerto de ocupantes teria passado por um beco diante do qual algumas pessoas estavam sentadas. Um homem encapuzado desceu do automóvel e disparou contra esse grupo.                                                                                                                                    Os alvos teriam corrido para dentro do beco, ainda sob tiros. O autor dos disparos em seguida voltou para o carro — cujas características não foram divulgadas até o momento para não atrapalhar as investigações — e fugiu.
O titular da 1ª Delegacia de Homicídios, responsável pela área onde ocorreu o crime, Guilherme Gerhardt, afirma que até a noite de domingo ainda não era possível determinar em que circunstâncias o bebê acabou atingido. Sabia-se apenas que sua mãe não estava entre os feridos. 
Uma das principais hipóteses a ser investigada pela Polícia Civil é de disputa entre grupos rivais de traficantes.
— Aquela é uma das principais zonas de tráfico da Capital, e nas imediações onde dois brigadianos foram mortos há cerca de um ano. Acreditamos que tenha relação com disputa do tráfico — afirma o delegado.
A polícia já começou a ouvir testemunhas e tenta localizar o automóvel utilizado no crime em busca de mais pistas sobre os criminosos.   

Nenhum comentário:

Postar um comentário