Ambulantes dão início à montagem das 400 barracas do Corso 2020

Segundo o site https://180graus.comO chefe de divisão da gerência, Alberto Pádua, informa que as barracas atendem aos critérios estabelecidos todos os anos A prévia carnavalesca mais tradicional de Teresina, Corso 2020, acontece neste sábado (15) e os 400 ambulantes cadastrados pela Superintendência de Desenvolvimento Urbano Leste (SDU Leste) dão início à montagem das barracas. Os locais foram demarcados pelos fiscais da Gerência de Controle e Fiscalização do órgão municipal.
Todos os ambulantes cadastrados atenderam os critérios estabelecidos pela Gerência, tais como: documento original com foto (RG), CPF e comprovante de residência.
Em seu terceiro ano consecutivo, a comerciante Maria Ubelina ressalta que leva a sua filha para auxiliar nas vendas de comidas e bebidas. “Esse já é o meu terceiro ano. Sempre vou coma filha para vender arrumadinho, refrigerante, cervejas e coquetéis. Ter essa barraca nesse período festivo é muito bom, pois ajuda muito no nosso orçamento”, disse.
O chefe de divisão da gerência, Alberto Pádua, informa que as barracas atendem aos critérios estabelecidos todos os anos, correspondendo às dimensões de 3mx2m. Não será permitida a comercialização de bebidas em embalagens de vidro e a Prefeitura não disponibilizará pontos de energia, além disso, cada barraqueiro será responsável pela limpeza de sua área ocupada.
Alberto Pádua alerta ainda para a importância das condições de higiene e manuseio do alimento que será comercializado no local. “É importante que os ambulantes atendam os foliões de maneira higiênica e cordial”, disse.
Quanto aos ambulantes que foram comercializar bebidas em isopor e caixas térmicas, o gerente Lupércio Medeiros ressalta que eles deverão procurar os fiscais que estarão no local, no dia do evento, para se posicionarem apenas no canteiro central da avenida.
Para o superintendente João Pádua, o cadastro do ambulante mostra o compromisso que a Prefeitura tem com a cidade, agindo corretamente inclusive com o meio ambiente. “Nossa equipe teve o cuidado em passar orientações aos ambulantes quanto aos cuidados com o ambiente que será utilizado, a coleta seletiva do lixo e também como proceder no manuseio dos alimentos”, pontua o gestor.

Fonte: Com informações da PMT

Comentários