terça-feira, 25 de fevereiro de 2020

170 mil benefícios do INSS serão notificados após instalação de novo sistema

Segundo o site https://www.simoesfilhoonline.com.brO INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) está instalando um último sistema operacional para dar inicio a mais uma fase do pente-fino no próximo mês de março. O INSS já tem uma lista preliminar daqueles benefícios que devem ser revisado.170 mil benefícios do INSS serão notificados após instalação de novo sistemaQuais benefícios estão na mira do novo pente-fino?
De acordo com informações enviadas a reportagem, nessa lista preliminar consta cerca 170 mil beneficiários de auxílios-doença identificados pelo INSS que passarão pelo pente-fino. Além de auxílios, a nova fase do pente-fino realizado pela perícia médica da Previdência colocará na mira o BPC (Benefício de Prestação Continuada) pago a pessoas com deficiência.
Segundo a nota do Ministério da Economia, “a expectativa é de que esse sistema esteja concluído e possibilite o início do programa de revisão”.
Procurada, a Secretaria de Previdência apenas reafirmou que pretende iniciar o pente-fino ainda neste mês. “O pente-fino dos benefícios por incapacidade está previsto para começar este mês. Em breve, será divulgado o cronograma de divulgação de resultados para 2020”, diz a nota da Secretaria de Previdência.                                                                Por este motivo o INSS orienta aos beneficiários, a manter os dados atualizados. Recentemente, o INSS publicou uma nota na sua página na internet alertando que as informações de contato, como endereço, telefone e e-mail, precisam estar em dia.
Saiba como conseguir a revisão da aposentadoria do INSS de forma mais rápida
Peritos recebem bônus
Além de reavaliar benefícios por meio de perícias, o governo realiza um programa de revisão nos pagamentos realizados pelo INSS que possuem indícios de irregularidade. Essa análise alcança todos os tipos de benefícios, como aposentadorias e pensões por morte.
Para ampliar a capacidade de análise e revisões de processos, o programa prevê o pagamento de bônus aos servidores administrativos que trabalharem fora do expediente normal.
A bonificação para o programa de combate a fraudes será de R$ 57,50 por processo administrativo avaliado. No caso do pente-fino nos benefícios por incapacidade, a bonificação para os médicos peritos será de R$ 61,72 por perícia.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário