Operação mira envolvidos em extorsão de comerciantes do camelódromo da Uruguaiana

Segundo o site https://odia.ig.com.brAlém de gerenciar o aluguel e a venda de boxes no mercado popular, suspeitos cobravam taxas semanais em troca de segurança, limpeza e para uma suposta divisão da conta de luzComércio popular fica no Centro do RioComércio popular fica no Centro do Rio - 
Rio - Agentes da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) fazem, desde as primeiras horas da manhã desta quarta-feira, uma operação contra suspeitos de praticarem extorsões contra comerciantes do camelódromo da Uruguaiana, no Centro do Rio. São diversos mandados de busca e apreensão, que estão sendo cumpridos em várias cidades, dentre elas municípios da Baixada Fluminense
Tanto o ex-presidente do camelódromo, José Lopes do Nascimento, como o atual, Antenor Pereira de Jesus Filho, são alvo das investigações.
De acordo com a Polícia Civil, além das extorsões, os envolvidos no crime adquirem boxes do mercado popular de forma irregular                                                                            Além de gerenciar o aluguel e a venda irregular dos espaços, os suspeitos também cobravam taxas semanais dos comerciantes em troca de segurança, limpeza e para uma suposta divisão da conta de luz. Quem não pagasse, poderia ser expulso do local, com a perda do ponto de venda.
Representantes do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado do Ministério Público estadual (Gaeco/MPRJ) também participam da ação.      

Comentários