domingo, 3 de novembro de 2019

É dia de Enem: conheça as atitudes e materiais que podem te tirar da briga

Segundo o site https://www.em.com.brNo primeiro dia do teste nacional, é essencial estar atento a atitudes e materiais proibidos nos locais do exame. Conferir os documentos e linhas de ônibus logo cedo evita atropelos(foto: Juarez Rodrigues/EM)(foto: Juarez Rodrigues/EM)
 A onda da vez pode até ser a caneta azul, mas nada de levá-la para fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), sob risco de ser sumariamente desclassificado. Hoje, grande dia, quando as expectativas de 5,1 milhões de estudantes do país inteiro se reúnem em 10.133 locais de provas de 1.727 cidades brasileiras, é bom ficar atento para não ser traído pela falta de atenção. Não só relativa à leitura dos enunciados, mas aquela fruto da distração com o que pode e o que não pode ser levado para o teste. Se pisar em falso, outra chance só no ano que vem. Especialista avisa que, à véspera da maior avaliação do país, tranquilidade é o grande segredo para um bom resultado.                         A caneta tem que ser esferográfica, transparente e de tinta preta. Atenção também à identidade que deverá ser apresentada. Não serão aceitos como documentos de identificação: protocolos; certidão de nascimento; certidão de casamento; título eleitoral; carteira nacional de habilitação em modelo antigo (anterior à Lei 9.503, de 1997); carteira de estudante; registro administrativo de nascimento indígena (Rani); crachás e identidade funcional de natureza privada; cópias de documentos válidos, mesmo que autenticadas, ou documentos digitais apresentados eletronicamente.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) informa que, nos casos de extravio, perda, furto ou roubo da via original de documento oficial de identificação com foto, o participante poderá fazer as provas, desde que apresente boletim de ocorrência expedido por órgão policial no máximo 90 dias antes do primeiro dia de aplicação do exame. Além disso, terá de fazer a identificação especial, com coleta de dado biométrico, de informações pessoais e da assinatura em formulário próprio.

Minas Gerais tem 534.648 inscritos para o exame, que neste primeiro domingo terá redação, códigos e linguagens e ciências humanas. São 972 locais de aplicação em 188 municípios. Verificar com antecedência onde fará a prova e traçar o trajeto é outra dica para evitar atrasos e não se perder no meio do caminho. E na hora “H”, é essencial dosar o tempo para poder fazer a prova toda, como destaca o coordenador pedagógico do Colégio Santo Antônio, na Região Centro-Sul de Belo Horizonte, Ronaldo Sérgio Campos, o Kafunga. “Não se pode ficar parado numa questão que tem dúvida, senão não dá tempo de fazer as outras. E essa orientação inclui a redação”, afirma.                                                  TRÂNSITO A BHTrans reforçará o transporte público hoje, com ampliação do número de viagens de coletivos para os locais de prova. Detalhes podem ser consultados no site prefeitura.pbh.gov.br/bhtrans/enem-2019-sugestao-de-linhas-do-transporte-coletivo, no qual o candidato pode conferir com antecedência qual linha atende à região onde fará provas e horários de embarque.

Agentes da Unidade Integrada de Trânsito, BHTrans, PM e Guarda Municipal terão atenção especial ao trânsito, operando o tráfego na região dos locais de prova e nos corredores de acesso para garantir a mobilidade dos estudantes. Nas instituições que recebem um grande número de candidatos, como a UFMG e a PCU Minas, haverá operações especiais de trânsito e transporte. A orientação é que os candidatos saiam de casa mais cedo e usem o transporte público.  (foto: Arte/Paulinho Miranda)  Não perca, nos dois domingos, gabarito extraoficial das provas do Enem 2019, parceria Chromos/Portal Uai   

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Texas Ranch Bar anima noite do Recife Antigo

Segundo o site Assessoria de Imprensa  Patrícia França:  Para os amantes do Recife Antigo, o Texas Ranch Bar preparou uma programação que pr...