sábado, 27 de julho de 2019

Olinda: em 12 horas, chove o equivalente a 20 dias de chuva

Segundo o site https://tvjornal.ne10.uol.com.br:
Em Olinda, foram registradas quatro mortes por conta das chuvas


Entre 19h da terça-feira (23) e 7h desta quarta (24), choveu 245,4 mm em Olinda, de acordo com a Defesa Civil do município. Com isso, Olinda registrou o equivalente a 20 dias de chuva no período. Segundo o Corpo de Bombeiros, quatro mortes foram registradas na cidade.

Canais transbordam

Em Olinda, os canais Lava Tripas, em Aguazinha, e dos Bultrins transbordaram e a água invadiu as casas dos moradores da região. O nível da água do Canal do Fragoso subiu tanto que a água chega na cintura.

>> Em alagamento causado pelas chuvas, carro cai em buraco na PE-15                                                                                                                


Jardim Atlântico

No bairro de Jardim Atlântico, o nível do rio subiu tanto que invadiu a rua e as águas levaram muitas baronesas para dentro das casas. A ponte próxima da Rua Nilson Sabino Pinho ficou completamente submersa. Um campo de futebol da área também ficou embaixo d'água.

Jardim Fragoso

No bairro de Jardim Fragoso, os moradores ficaram ilhados. A Rua Humberto de Lima Mendes, um dos principais acesso à PE-15 ficou tomada pela água. Na Travessa Antônio Martiniano de Barros, os moradores ficaram com a água na altura do joelho.

Casa Caiada

Por volta das 3h desta quarta-feira (24), as ruas Professora Marli Figueiredo e Carlos Gueiros Leite estavam completamente alagadas. A água chegou a uma altura de aproximadamente um metro e meio e chegou a entrar em várias casas.

Mortes no Grande Recife

Após deslizamentos de barreira e queda de árvores, 11 pessoas morreram entre a madrugada e manhã desta quarta. Segundo o Corpo de Bombeiros, as mortes ocorreram em Águas Compridas e na Estrada do Passarinho, em Olinda; na Rua Córrego do Curió, no bairro de Dois Unidos, no Recife; e no Córrego da Areia, em Caetés, em Abreu e Lima. 

Tempo em Pernambuco

De acordo com a Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac), a chuva será mantida durante todo o dia em praticamente todo Pernambuco, com exceção apenas de Fernando de Noronha onde, apesar do tempo nublado, não deve chover. Na Região Metropolitana do Recife (RMR) e na Mata Norte e Sul, a tendência de precipitação é de moderada a forte durante toda a quarta-feira (24). Segundo a Defesa Civil do Recife, apenas na cidade, o acumulado de chuvas foi de mais de 241 mm nos últimos cinco dias, o que equivale a 20 dias da média histórica do período.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bloco formado por favelas brasileiras cria Fundo para Empreendedores de Impacto com recursos do Brasil, Europa e Estados Unidos

Segundo o site Assessoria de imprensa   Slum Summit 2019  Daniela  Costa:  G10 das Favelas, Canal Transformadores e eSolidar se unem para la...