sexta-feira, 1 de fevereiro de 2019

Deficit do setor público fica em R$ 108,258 bilhões em 2018

Segundo o site https://www.msn.com:
O setor público consolidado – composto por governo federal, Estados, municípios e empresas estatais, com exceção de Petrobras e Eletrobras – ficou no vermelho pelo 5º ano consecutivo ao registrar deficit primário de R$ 108,258 bilhões. O valor equivale a 1,57% do PIB (Produto Interno Bruto).
O deficit ficou bem abaixo da meta do governo para o ano. Em 2018, o setor público estava autorizado a registrar 1 resultado negativo em até R$ 161,3 bilhões.
No ano passado, o rombo havia sido ligeiramente maior, de R$ 110,583 bilhões (1,69% do PIB). O resultado primário, divulgado nesta 5ª feira (31.jan.2019) pelo Banco Central, contabiliza a diferença entre as receitas e despesas desses entes, sem considerar o pagamento dos juros da dívida pública.
O deficit anual negativo foi puxado pelo governo central, que registrou resultado negativo de R$ 116,167 bilhões no período. Os governos regionais, por outro lado, foram superavitarios em R$ 3,492 bilhões; as empresas estatais, em R$ 4,417 bilhões.
Quando incorporados os juros da dívida, o chamado resultado nominal, o rombo sobe para R$ 487,442 bilhões (7,09% do PIB). No ano anterior, o resultado havia sido negativo em R$ 511,408 bilhões (7,8% do PIB).

Deficit em dezembro

No último mês de 2018, as contas registraram deficit primário de R$ 41,133 bilhões. O rombo é maior que o registrado no mesmo período de 2017, de R$ 32,321 bilhões.
O governo central teve resultado negativo de R$ 32,755 bilhões. Os governos regionais acumularam deficit de R$ 9,381 bilhões e as empresas estatais, superavit de R$ 1,003 bilhão.

DÍVIDA BRUTA FICA EM 72,8% DO PIB

A dívida líquida do setor público –balanço entre o total de créditos e débitos dos governos federal, estaduais e municipais e empresas estatais– passou de R$ 3,644 trilhões em novembro (53,3% do PIB) para R$ 3,695 trilhões em dezembro (53,8% do PIB).
Já a dívida bruta –que, ao contrário da líquida, não considera os ativos do país– passou de R$ 5,284 trilhões (77,3% do PIB) em novembro para 5,271 trilhões em dezembro (76,7% do PIB). Esse é o cálculo utilizado em comparações internacionais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A Radio Surubim AM comemora os seus 33 anos a pioneira de Surubim

O Blog Visaõ Surubim, Parabeniza nesta manhã dia 21 de abril ( domingo ) a Rádio Surubim AM que comemora 33 anos no ar  fundada no dia...