segunda-feira, 17 de dezembro de 2018

Benjamin Netanyahu confirma visita ao Brasil para posse de Bolsonaro

Segundo o site https://www.noticiasaominuto.com.br/mundo:
Na semana passada, Netanyahu expressou a sua satisfação com o interesse que o novo chefe de estado brasileiro demonstrou em fortalecer as relações com Israel
O
primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, anunciou, nesta segunda-feira (17), que vai participar da posse do presidente eleito do Brasil, Jair Bolsonaro, que prometeu mudar a embaixada de Tel Aviv para Jerusalém, seguindo os passos dos Estados Unidos. O chefe do governo israelita, que também ocupa o cargo de ministro das Relações Exteriores e da Defesa, viajará para Brasília para a cerimônia, que acontecerá no dia 1º de Janeiro, segundo informações de membros do gabinete.                                                        
Na semana passada, Netanyahu expressou a sua satisfação com o interesse que o novo chefe de estado brasileiro demonstrou em fortalecer as relações com Israel.
"O Brasil é um grande país, tem um grande potencial econômico e acho que isso [estreitar laços] seria benéfico para ambos os nossos países", disse elo chefe de governo israelita.
Em novembro, Netanyahu felicitou Bolsonaro pelo anúncio da sua intenção de transferir a embaixada brasileira para Jerusalém, fato que considerou "um passo histórico adequado e emocionante".
Na época, Bolsonaro anunciou no Twitter que "como dito durante a campanha", o novo governo tem "a intenção de transferir a Embaixada do Brasil de Tel Aviv para Jerusalém ".
Bolsonaro explicou em coletiva de imprensa após a eleição que este assunto é uma questão de soberania de um país e nenhum outro tem de se intrometer nessa decisão.
"Quem decide a capital é o país. Se o Brasil trocou Rio de Janeiro por Brasília, foi decisão do Brasil. Eu não vejo nenhum problema. Temos todo o respeito por Israel e todo o respeito pelo povo árabe. Aqui todo o mundo vive sem problemas", assegurou o Presidente eleito.
Se a transferência da embaixada for confirmada, a decisão constitui uma alteração à tradição diplomática de neutralidade mantida por anos pelo Brasil em relação ao conflito israelo-palestiniano. Com informações da Lusa.
     

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Filha mata pai com veneno para carrapato em visita à UTI

Segundo o site https://www.noticiasaominuto.com.br: Ela foi indiciada por homicídio qualificado pela falta de defesa da vítima Um homem ...