domingo, 6 de maio de 2018

Vereador de BH visita galeria polêmica no Palácio das Artes

Galeria do Palácio das Artes recebe nome de autor de exposição polêmica em BHArtista visitou exposição em Belo Horizonte A PQNA Galeria do Palácio das Artes passou a se chamar, a partir do dia-(22/2017, PQNA Galeria Pedro Moraleida. O homenageado é o artista mineiro e autor da exposição polêmica "Faça Você Mesmo sua Capela Sistina", que em 2017 ocupou a Grande Galeria Alberto da Veiga Guignard.

Na ocasião, os 130 trabalhos de Pedro Moraleida foram acusados por grupos religiosos conservadores de incentivar a pedofilia. Até o cantor e compositor Caetano Veloso, em passagem por Belo Horizonte, visitou a exposição e chegou a rebater as críticas. “Não há pedofilia em nada. Não há nada aqui que não tenha sido feito na história da arte, principalmente na recente”, afirmou Veloso, na época. 
Segundo a Fundação Clóvis Salgado, a escolha do novo nome é uma forma de reafirmar o compromisso com o estímulo às diferentes manifestações artísticas no Estado. "Tão relevante quanto homenagear Pedro Moraleida, é relembrar o poder transformador e multiplicador da arte. A potência e a importância do trabalho de Moraleida despertaram o interesse de um público diverso devido ao teor questionador de sua obra. Nada mais acertado do que reconhecer o legado desse artista ao dar o seu nome a uma Galeria do Palácio das Artes", ressaltou Augusto Nunes-Filho, presidente da Fundação.Protesto em frente ao Palácio das Artes, centro de BH, contra a censura - Créditos: Mídia Ninja

Censura em Minas: vereador de BH faz acusação falsa contra professora

Jair Di Gregorio manipula filmagem e cria falsa denúncia sobre estudantes em exposição

Brasil de Fato | Belo Horizonte (MG)
,
A exposição “Faça você mesmo sua Capela Sistina”, no Palácio das Artes, foi novamente alvo de polêmica por pessoas que defendem a censura das obras. No dia 4 de outubro, professoras de escolas públicas de Belo Horizonte foram acusadas equivocadamente de levarem estudantes à exposição, que tem classificação para maiores de 18 anos. A acusação falsa foi feita pelo vereador Jair Di Gregorio (PP).
O vereador filma estudantes menores de idade e questiona uma das professoras que os acompanha: “As crianças estão indo para algum evento?”. A professora responde “elas estão voltando de um festival de curtas no Palácio das Artes”. Ele conclui: “ah, no Palácio das Artes…” e corta o vídeo, voltando a criticar os quadros de Pedro Moraleida.
A professora questionada, Raquel Santos, explica que informou ao vereador que as crianças voltavam de um festival de filmes infantis, mas o vereador insistiu na acusação. “Primeiramente não cedi o uso da minha imagem e nem dos meus alunos - e nem poderia, pois só os responsáveis legais têm tal direito - e, além disso não estava na exposição alvo dos protestos dele”, comenta Raquel, em rede social. 
“Esse vídeo está viralizando e eu estou em uma situação extremamente desconfortável por causa da irresponsabilidade de alguém. Na internet há muitos juízes mas poucos investigadores, cuidado com o que vocês compartilham”, alerta professora    Fatos & Política Brasil e Mundo Publicado em 16 de out de 2017
Investigação
A Secretaria Municipal de Educação enviou à Câmara de Vereadores um pedido para investigar Jair Di Gregorio, afirmando que tanto a professora, quanto a escola e a secretaria foram prejudicadas pela acusação equivocada. O vídeo na internet, que foi editado, viralizou e resultou em centenas de comentários contra as instituições de educação de BH. Na segunda (9), o vereador publicou uma nota reconhecendo o constrangimento causado e pedindo desculpas à professora e alunos.
Prefeito e Caetano Veloso visitam exposição
No dia 8, a exposição recebeu a visita do cantor Caetano Veloso, que estava em BH para apresentação de shows. O artista criticou as tentativas de cancelarem a exposição. “Em nenhuma dessas exposições que estão sendo discutidas não há nada que não seja tradição das artes, sobretudo das artes mais recentes”, disse.
O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PHS), compareceu ao Palácio das Artes no mesmo dia e também apoiou a permanência da exposição. Para ele, o local é o lugar adequado para receber obras artísticas como esta. “Isso aqui é uma galeria de arte. Você pode não gostar ou não vir”, disse. “Absolutamente normal e não acredito que nenhum homem do século 21 se choque de verdade com o que viu”, completa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

General Mourão virou Presidente do Brasil hoje

Segundo o site https://www.wolnoticias.com.br: Bolsonaro já está fora do país, e quem assume em seu lugar, é o presidente Hamilton Mourão. ...