NO DIA INTERNACIONAL DA MULHER – A Coragem de Romper o Silêncio

Segundo o site Assessoria de Imprensa Ação&Comunicação  Lana Côrtes: Nessa minha estada na Terra, tive a honra de estar frente a milhares de mulheres de muitas partes do mundo, vivenciando uma multiplicidade de papéis,        sempre trabalhando por elas. Por incontáveis vezes, falei em meu nome, em defesa de outras. Assim, chorei junto tantas e tantas vezes, abracei, acalentei e também gargalhei e sonhei. Trago em minha bagagem aprendizados que se alojaram em alma. Por diversas vezes visitei o espaço sagrado que contém as perguntas mais brutas formuladas na humanidade: “Como isso pôde acontecer comigo”; “O que eu fiz para merecer isso? ”; “Como eu aprendo a me amar”?
Muitas vezes, sem conta fui silenciada pela energia desses momentos, me fortaleci por dentro através da conscientização dessa Força Maior que em mim habita para, com CORAGEM, romper o silêncio e apontar o caminho de volta.
Por longo tempo, a mulher esqueceu e se afastou de sua identidade de rainha, sacerdotisa real, precisando até da intervenção da lei dos homens para protegê-la dos ataques e injustiças cometidos por crenças equivocadas que geraram agressão, desrespeito e conceitos distantes da verdade. Foram músicas, piadas, gestos, palavras e outras formas culturais na tentativa de denegrir sua imagem e diminui-la. Na condição de mulher, antes, no início da minha juventude com a bandeira feminista nas mãos, agora, sem empunhar nenhuma bandeira, apenas exerço meu fascínio que aumenta cada vez que busco mais, através do estudo, meditação ou convivência, por esse ser (mulher) magnífico. Por isso, não me calo e esse privilégio de falar sobre e para mulheres é uma bênção que recebo entusiasmada de Deus, como missão para auxiliar a reestruturação de famílias inteiras, falando sobre o poder e a divindade que existe dentro de cada mulher, além do seu papel essencial para a edificação e manutenção da família harmonizada.
Neste dia, 08 de março de 2018, mais um ano que nos possibilita homenagear a essência do feminino, essa força criadora advinda do próprio Criador, que é permeada por sensibilidade, intuição e muito AMOR. Concordando com Einstein, certamente é a frequência energética mais sutil, a palavra, ou o Verbo de Gênesis, em poemas e versos, a máxima expressão do UNO (Força originária da VIDA). O verbo é a palavra em ação! O inconsciente desvendando o símbolo pela imagem que ela carrega.  O UNO se expressando através do VERSO e formando um todo indestrutível, a mulher é o verso do UNO; o UNO+VERSO, UNIVERSO, um Oceano cheio de emoções, capaz de vivenciar tantos papéis diversificados, como filha, irmã, amiga, amante e MÃE, agindo e atuando, o que transforma a palavra no fato, o movimento circular e infinito, chegando a gerar outro ser dentro do seu próprio corpo físico. Cada ser humano, advindo do ventre de uma mulher, é único. Uma palavra de Deus, parte que saiu de seu espírito, que não mais se repete.
Que ser tão majestoso, sagrado e inigualável é a mulher? Imagem e Semelhança do Criador, sábia e grandiosa que faz florescer tudo o que toca, sempre a partir do instante em que desperta para a sua própria essência, quando se lembra de quem é, de onde veio, da verdade de que é um ser espiritual e maravilhoso que habita num corpo físico também tremendo, experenciando o humano, onde a vida pulsa a cada instante e milagres diários se manifestam. A mulher é cocriadora da sua realidade.  Através dos ciclos vivenciados a cada mês em seu corpo, numa engenhosa construção que a difere do masculino, em consonância com a própria Vida, num mistério ainda não descoberto pela ciência, sua gestação é contada pelas semanas lunares, num espetáculo de integração entre dimensões, sua delicadeza e expressão é repleta do verdadeiro AMOR. Essa é a essência do poder feminino, dessa força inigualável que acompanha a força do AMOR, levando a harmonia e alinhando todas as frequências na nota musical mais bela. Reverencio o feminino que há em mim e em todas as pessoas: homens e mulheres, através da anima ou alma, e neste dia, escolhido como o Dia Internacional da Mulher, convido todas as mulheres a olharem profundamente para si, em seu íntimo, bem lá dentro do seu EU, por meio da menina dos olhos, da íris, a enxergarem a verdade sobre si mesmas, de que, por serem mulheres, detém o poder do feminino latente, e por isso, são divinas, criando para si mesmas, e, sempre para as pessoas que transitam em sua órbita, a plenitude da vida e a tão sonhada felicidade. Receba essa homenagem, MULHER, como a minha melhor tentativa de agradecer e derramar LUZ sobre quem você é, sobre o que você faz e essencialmente, sobre como você transforma a realidade da sua família, impactando toda a humanidade.            
Dra. Vanessa Paiva.
 
Sobre Dra. Vanessa Paiva
Advogada, vinculada a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) do Rio Grande do Sul, subseção da Capital, Porto Alegre, sob o nº. 91.073 B, e com inscrição suplementar no Estado de Pernambuco, sob o nº. 1.739 A e no Estado de São Paulo, sob o nº. 391427-3. Ex-Secretária da Comissão de Agilização Processual da OAB subseção Caruaru (PE), membro da Comissão de Família da Jovem Advocacia da OAB São Paulo (SP) e está se candidatando a ser membro da Comissão de Direito Digital e Compliance, visando as questões familiares envolvidas com as novas tecnologias. Conferencista, já tendo atuado em Pernambuco, Brasília, São Paulo e Porto Alegre, educadora, pesquisadora, escritora, tendo publicado vários artigos científicos acerca dos Direitos das Mulheres e Direito de Família em Congressos de Direito, possui um livro acerca da efetividade dos Direitos das Mulheres no Estado de Pernambuco (no prelo);
Também consultora familiar, psicanalista, registrada sob o nº. 2013050981, vinculada ao IEPPE (Instituto de Ensino de Psicanálise de Pernambuco & Associados). Fez cursos de atualização psicanalítica na Sociedade Brasileira de Psicanálise Integrativa, atualização em Estudos Junguianos Avançados e pós-graduação em Psicologia Analítica na Universidade Paulista - UNIP, bem como é graduanda em Psicologia pela Universidade Nove de Julho - UNINOVE, e formada como professional coaching pelo Instituto Politécnico (IPED).
Experiência com as causas da mulher, criança e adolescente há 23 (vinte e três) anos, desde quando entrou pro grupo Al-Anon e feministas, contando com apenas 13 anos de idade. Especialista em Direito de Família Contemporânea, pela Laureate International Universities- RS, englobando os diversos tipos de família existentes (Tradicional, monoparental, homoafetivas, grupos sem consanguinidade e todas as implicações no Direito.
Licenciada em Letras pela Universidade de Pernambuco, especialista em Elaboração de Projetos pela Fundação Getúlio Vargas- Rio de Janeiro, com MBA em Gestão Pública, tendo sido participante do Grupo de Pesquisa sobre Criminalidade de Gênero desde 2006 pela Faculdade de Direito de Caruaru, Associação Caruaruense de Ensino Superior – ASCES. Participou do Instituto Brasileiro de Direito de Família – IBDFAM, mantendo-se principalmente atualizada nas questões familiares.
Conteúdo – Dra. Vanessa Paiva 
 
 
Ação & Comunicação assessoria de imprensa
Jornalista responsável:
Lana Côrtes – contato: 55 11 999348671
 
 
Att,
Pedro
Ação & Comunicação
assessoria de imprensa
11 5182 2249 
imprensa@acaocomunicacao.com.br  

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

General Heleno: “Vamos fechar o Congresso Nacional. Não existe nenhuma Democracia em nosso País mais.”

Dois Bandidos se dar mal ao tentar roubar a Loja Magazine Luíza em Surubim

Noticia Urgente: Cantor Murilo Manoel de Moura sofre acidente de Moto e chega a óbito