Celebridades protestam nas redes sociais e dizem sim à mobilidade e não ao PLC 28/2017

Segundo o site imprensa Brasil Press Comunicação Vanessa Carvalho de Souza: O uso dos aplicativos de mobilidade como 99, Uber, Cabify está em jogo. Hoje o Senado Federal abre a votação do PLC 28/2017, que vai deixar mais rígidas as regras para serviços de transporte individual.Regulamentação da atividade diverge opiniões de motoristas de aplicativos e taxistasCelebridades como Bruno Gagliasso, Caio Castro, Val Drumond, Cleo Pires, entre outras, já se manifestaram contra o PLC e protestaram em suas redes sociais com o que chamaram de Lei do Retrocesso.
Entre outros pontos, o texto prevê vistorias periódicas nos veículos, idade mínima para os condutores, exigência de "ficha limpa" aos motoristas, adesão de placas vermelhas e licença específica para trabalhar.
Os artistas são solidários com os quase 800 mil motoristas que dependem dessa renda para viver e com os mais de 20 milhões de pessoas que utilizam esse serviço, inclusive eles e, por isso, estão na rede para protestar.
Conhecido por defender causas importantes, o ator Bruno Gagliasso publicou uma foto muito sério, dentro de um táxi chamado por aplicativo e disse: "Nossos governantes querem tirar a oportunidade de trabalho de todos que estão buscando uma alternativa de renda em meio à crise, a lei de retrocesso é uma proibição disfarçada de regulação, e nós precisamos agir! Eu sou contra o PLC 28".
Informações à imprensa:
Brasil Press Comunicação
Contato: Angélica Delaye
Telefone: (11) 94322-7878
E-mail: angelicadelaye@gmail.com

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

General Heleno: “Vamos fechar o Congresso Nacional. Não existe nenhuma Democracia em nosso País mais.”

Noticia Urgente: Cantor Murilo Manoel de Moura sofre acidente de Moto e chega a óbito

Jovem morre em acidente de transito na PE 90 na cidade de Surubim