quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Pane em subestação da Chesf deixa 250 mil pessoas sem energia no Recife, diz Celpe

Segundo o site https://g1.globo.com:

Problema afetou, pelo menos, dez bairros. Por causa da queda de energia, Metrô do Recife teve a operação suspensa durante a manhã e dez unidades de ensino da rede municipal da capital ficaram sem aula.Passageiros são flagrados caminhando nas linhas do metrô do Recife após falta de energia (Foto: Mônica Silveira/TV Globo)Cerca de 250 mil pessoas ficaram sem energia por causa de uma pane na subestação da Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf), na Zona Oeste do Recife, na manhã desta quarta-feira (18). O problema afetou, pelo menos, dez bairros da capital pernambucana. A informação foi divulgada pela Companhia Energética de Pernambuco (Celpe). (Veja vídeo acima)

Por causa da queda de energia, o Metrô do Recife teve a operação suspensa entre as 7h e às 9h e 10 escolas da rede municipal de ensino da cidade ficaram sem aula. A Autarquia de Transito e Transporte (CTTU) ainda registra semáforos fora do ar nas Zonas Sul, Norte e Oeste da capital pernambucana.
De acordo com a Celpe, os principais bairros afetaram foram Boa Viagem, Pina, Ipsep e Imbiribeira, na Zona Sul; Aflitos, Parnamirim e Graças, na Zona Norte; Estância e Areias, na Zona Oeste; e parte do bairro do Derby, na área central do Recife.
Procurada pelo G1, a Chesf informou, por meio de nota, que o problema ocorreu na subestação do Bongi, na Zona Oeste do Recife. O defeito provocou interrupção no fornecimento de cerca de 230 megawatts de energia elétrica, segundo a companhia.
"O desligamento ocorreu às 6h54, horário local, e às 7h27, 80% da carga já estava normalizada. O restabelecimento completo aconteceu às 9h56. A Subestação Bongi é responsável pelo atendimento de 40% da demanda da Região Metropolitana do Recife", disse.Passageiros esperam reabertura das estações de metrô no Recife (Foto: Augusto César/TV Globo)A orientação dada pela Secretaria de Educação do Recife foi que “cada unidade avaliasse as condições de ensino sob iluminação e ventilação naturais”. A falta de energia também prejudicou serviços bancários. Segundo a Caixa Econômica Federal (CEF), seis agências não funcionaram nesta manhã.

Metrô

De acordo com a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), todas as estações de metrô foram fechadas por volta das 7h10 desta quarta, para evitar vandalismo nos vagões. Elas foram reabertas por volta das 9h. Em seguida, o sistema voltou a ficar fora do ar. Contudo, a operação foi normalizada por volta das 9h30.Avenida Antônio de Goes, no bairro do Pina, na Zona Sul do Recife, registrou engarrafamentos devido a falta de energia (Foto: Camila Torres/TV Globo)Ainda de acordo com a companhia, cerca de 400 mil passageiros foram prejudicados ao longo do dia, em virtude da paralisação do sistema. Com o transporte sem funcionar, usuários que estavam nas estações resolveram seguir viagem caminhando pelas linhas do metrô.

Semáforos

Mesmo com a volta da energia, a CTTU segue com semáforos sem funcionar nos bairros de Boa Viagem, Casa Amarela e nas avenidas Conselheiro Rosa e Silva, Doutor José Rufino, Recife e Abdias de Carvalho.                                            Ao todo, são 19 semáforos apagados nos principais cruzamentos do Grande Recife, segundo a CTTU. Outros três apresentam problema de sincronia na Avenida Caxangá, na Zona Oeste. Em Boa Viagem, na Zona Sul, dois localizados na Avenida Domingos Ferreira com as ruas Padre Carapuceiro e Antônio Falcão voltaram a funcionar após a instalação de geradores.
A autarquia informou que a empresa responsável pelos aparelhos estuda a colocação de geradores nos pontos sem energia. Ainda há relatos de engarrafamento em vários locais da capital pernambucana. Agentes de trânsito estão nos lugares para auxiliar o trânsito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário