Teste nuclear da Coreia do Norte é muito desestabilizador, diz ONU

Segundo o site http://www.poa24horas.com.br: O secretário-geral das Nações Unidas, Antonio Guterres, condenou, neste domingo (3), o teste nuclear da Coreia do Norte, que qualificou como um evento profundamente desestabilizador para a segurança regional e pediu a Pyongyang para interromper essas ações.Teste nuclear da Coreia do Norte é muito desestabilizador, diz ONU (via @folha_mundo) #folha“Esse ato também é profundamente desestabilizador para a segurança regional”, completou o diplomata português, destacando que a Coreia do Norte é o único país que continua rompendo normas contra testes nucleares.
O Conselho de Segurança da ONU se reunirá nesta segunda-feira (4) de manhã para discutir o teste nuclear a pedido de Estados Unidos, Japão, Grã-Bretanha, França e Coreia do Sul, disse a missão americana em comunicado neste domingo  A Coreia do Norte disse, neste domingo (3), ter testado com êxito uma bomba H, despertando críticas no mundo todo.
Guterres também pediu a Pyongyang para “interromper esses atos e cumprir completamente suas obrigações internacionais”.
Resoluções do Conselho de Segurança da ONU proíbem o regime norte-coreano de realizar testes nucleares e de mísseis.
Tensão
O presidente dos EUA, Donald Trump, se reunirá com o Conselho de Segurança Nacional neste domingo. Ao mesmo tempo, seu governo prepara um novo pacote de sanções a serem aplicadas contra o governo do ditador Kim Jong-un, da Coreia do Norte.
Trump estuda encerrar comércio com todo país que fizer negócios com a Coreia do Norte.
Em uma série de tuítes da manhã, Trump afirmou que eram “hostis” e “perigosas” as ações de Pyongyang e considerou que uma política de “apaziguamento” com o regime comunista norte-coreano não funcionaria.
“A Coreia do Norte realizou um grande teste nuclear”, disse ele. “Suas palavras e ações permanecem muito hostis e perigosas para os EUA.”
O secretário do Tesouro dos EUA, Steven Mnuchin, afirmou à Fox News que “preparará um pacote de sanções e enviará ao presidente para consideração”.
“Aqueles que fazem negócios com eles [Coreia do Norte] não poderão fazê-lo conosco”, disse ele. “Trabalharemos em conjunto com nossos aliados. Trabalharemos com a China.”
A chanceler alemã, Angela Merkel, e o presidente francês, Emmanuel Macron, foram favoráveis ​​durante uma conversa telefônica sobre um “aperto” de sanções já aplicadas pela União Europeia contra a Coreia do Norte, informou o governo alemão.
O encontro do Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) também condenou os testes nucleares norte-coreanos e pedirá reforço do diálogo com o país oriental.
O Conselho de Segurança da ONU no início de agosto aprovou o sétimo pacote de sanções contra Pyongyang com o objetivo de privar o regime de cerca de US$ 1 bilhão de receita de suas exportações de chumbo, ferro e outros minerais, bem como peixe e frutas do mar. (Folhapress)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

General Heleno: “Vamos fechar o Congresso Nacional. Não existe nenhuma Democracia em nosso País mais.”

Dois Bandidos se dar mal ao tentar roubar a Loja Magazine Luíza em Surubim

Noticia Urgente: Cantor Murilo Manoel de Moura sofre acidente de Moto e chega a óbito