Quatro dias após tomar posse, Dodge sofre primeira baixa na PGR

Segundo o site http://veja.abril.com.br/politica:

Sidney Pessoa Madruga, procurador regional da República, foi flagrado dizendo que a nova gestão deverá investigar o ex-chefe de gabinete de Rodrigo JanotPGR Raquel DodgeRaquel Dodge, procuradora-geral da República, perdeu o primeiro integrante de sua equipe quatro dias após tomar posse (Ueslei Marcelino/Reuters)

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, aceitou nesta sexta-feira o pedido de exoneração do procurador regional da República Sidney Pessoa Madruga da função de coordenador do Grupo Executivo Nacional da Função Eleitoral (Genafe), informou a assessoria de comunicação da Procuradoria-Geral da República (PGR). Essa foi a primeira baixa na equipe de Dodge, que tomou posse do cargo na segunda-feira.
Madruga pediu demissão após ser flagrado pelo jornal Folha de S.Paulo dizendo que a “tendência” da nova gestão da PGR é investigar Eduardo Pelella, ex-chefe de gabinete de Rodrigo Janot, antecessor de Dodge. A afirmação foi feita em conversa flagrada pelo jornal Folha de S.Paulo num restaurante de Brasília. Ele estava acompanhado da advogada Fernanda Tórtima, que atuou na negociação da delação premiada da JBS. O procurador disse a Tórtima que era preciso entender qual foi o papel de Pelella no acordo de colaboração premiada firmado com executivos da JBS. “Não é para punir, é pra esclarecer”. Madruga também afirmou que a nova chefia da PGR deveria exercer controle maior sobre a força-tarefa do Ministério Público Federal responsável pelas investigações da Operação Lava Jato, em Curitiba.
Tórtima é citada por Joesley Batista no áudio com o diretor de relações institucionais da JBS, Ricardo Saud. Ele disse que a advogada tinha “surtado” com a possibilidade de a delação premiada atingir ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). Segundo Joesley, Tórtima advertiu: “Nossa senhora, peraí, calma, o Supremo não, peraí, calma, vai f***r meus amigos”.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

General Heleno: “Vamos fechar o Congresso Nacional. Não existe nenhuma Democracia em nosso País mais.”

Noticia Urgente: Cantor Murilo Manoel de Moura sofre acidente de Moto e chega a óbito

Jovem morre em acidente de transito na PE 90 na cidade de Surubim