Coreia do Norte: lançamento foi ‘primeiro passo de ação militar’

Segundo o site http://veja.abril.com.br:

O ditador Kim Jong-un ameaçou disparar novos mísseis no Oceano Pacífico em breveCoreia do Norte divulga imagens de míssil que sobrevoou Japão - 29/08/2017

O ditador da Coreia do NorteKim Jong-un, confirmou o lançamento de um míssil que sobrevoou o Japão na segunda-feira. Segundo o líder, a ação é “o primeiro passo da operação militar da KPA (forças armadas) no Pacífico”.       A informação foi divulgada em um comunicado divulgado pela agência estatal norte-coreana KCNA. Na nota, Kim também ameaça realizar novos lançamentos de mísseis no Oceano Pacífico em breve. Kim Jong-un Kim Jong-un expressou “grande satisfação” com o mais recente teste de míssil e disse que o lançamento “é um prelúdio significativo para conter Guam“. No início do mês, a Coreia do Norte ameaçou lançar mísseis de médio a longo alcance no território, que é administrado pelos Estados Unidos e contém bases militares americanas.
De acordo com a KCNA, o teste desta segunda-feira foi feito com o projétil Hwasong-12, de alcance intermediário. Os exercícios militares conjuntos dos EUA e da Coreia do Sul foram usados como justificativa pela Coreia do Norte para o lançamento.
Apesar de ter sobrevoado o Japão, “o míssil não representou impacto na segurança dos países vizinhos”, disse o norte-coreano. Fotos de Kim Jong-un acompanhando o teste foram divulgadas pela KCNA.

Nações Unidas

  O Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) está realizando uma reunião de emergência para discutir como responder ao lançamento norte-coreano. O teste vem menos de um mês depois que o Conselho impôs um pacote abrangente de sanções contra Pyongyang.
Antes da reunião, o embaixador do Japão na ONU, Koro Bessho, disse que seu país sente a necessidade de exercer mais pressão sobre a Coreia do Norte, mas irá discutir como fazê-lo. Já a embaixadora dos Estados Unidos, Nikki Haley, comentou que “algo severo deve acontecer”, mas não especificou o que seria.
O embaixador britânico, Matthew Rycroft, sugeriu que os membros precisam se unir para fortalecer as sanções contra o regime de Kim Jong-un. A Coreia do Norte não é um membro do Conselho de Segurança.

EUA rebatem Coreia do Norte após lançamento de míssil sobre Japão 

EUA detectam lançamento de míssil balístico da Coreia do Norte


Após Coreia do Norte lançar novo míssil, Trump diz que ‘todas opções estão na mesa’

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

General Heleno: “Vamos fechar o Congresso Nacional. Não existe nenhuma Democracia em nosso País mais.”

Noticia Urgente: Cantor Murilo Manoel de Moura sofre acidente de Moto e chega a óbito

Jovem morre em acidente de transito na PE 90 na cidade de Surubim