Barragens de Garanhuns recuperam nível e Águas Belas e as cidades de Terezinha saem do colapso

Segundo o site http://g1.globo.com/pernambuco/noticia:

Cidade é uma das 24 em estado de emergência devido às chuvas em Pernambuco. Segundo prefeitura do município, festividade será realizada em julho, mês de aniversário da cidade.   Município de Barreiros foi um dos gravemente afetados pelas enchentes (Foto: Reprodução/TV Globo)Município de Barreiros foi um dos gravemente afetados pelas enchentes (Foto: Reprodução/TV Globo>  Devido às enchentes que causaram seis mortes e deixaram milhares de desabrigados e desalojados na Mata Sul e no Agreste de Pernambuco, o município de Barreiros, que figura na lista das 24 cidades em estado de emergência por causa das consequências da chuva, cancelou as festas de São João. De acordo com a prefeitura, os recursos que seriam utilizados nas festas juninas serão gastos em remédios, alimentos e utensílios para as vítimas e em obras de recuperação do município.

Ainda segundo a administração municipal de Barreiros, a cidade deve ter festa no mês de julho, em que é comemorado o aniversário da cidade. Segundo nota divulgada pela prefeitura, a festividade deve acontecer “caso não ocorram mais desastres naturais e todas as vítimas sejam atendidas nas suas necessidades emergenciais”.

A prefeitura também alegou ter solicitado apoio dos governos estadual e federal, além de autoridades da Defesa Civil, Bombeiros, policiais e Forças Armadas para prestar assistência à população do município e para reconstruir a cidade. Neste sábado (7), foram iniciadas obras de reparo em vias da cidade.                                                                                   

Jornal Nacional 29/05/2017 - Pernambuco tem três mortos e dois desaparecidos por causa da chuva
ENCHENTE DE 2017 EM CUPIRA-PE EM 28/05

Visita do ministro das Cidades

Neste sábado (3), o ministro das Cidades, Bruno Araújo, visitou o município de Barreiros para acompanhar a vistoria em um empreendimento habitacional em que 468 unidades foram destinadas às vítimas das chuvas. Em seguida, ele visitou as áreas atingidas pelas enchentes na cidade. Os municípios de Ribeirão e Palmares, também na Mata Sul, foram visitados pelo ministro.                              

Entenda o caso

Desde o final de semana dos dias 27 e 28 de maio, chuvas fortes atingem várias regiões do estado, provocando enchentes de rios e deslizamentos de barreiras. Seis pessoas morreram, sendo duas no Recife, duas em Caruaru e duas em Lagoa dos Gatos. De acordo com dados do governo do estado, o número de desabrigados e desalojados chegou a 55,1 mil pessoas no dia 31 de maio. Em Catende, na Mata Sul de Pernambuco, população trabalha para retirar a lama dos imóveis e das ruas (Foto: Oton Veiga/TV Globo)Em Catende, na Mata Sul de Pernambuco, população trabalha para retirar a lama dos imóveis e das ruas (Foto: Oton Veiga/TV Globo) No domingo (28), o presidente da República, Michel Temer, veio ao Recife e autorizou o envio de ajuda humanitária. Ele ainda se comprometeu com a liberação de uma linha de crédito de R$ 600 milhões, junto ao BNDES, para obras no estado.
Diante das enchentes, o governo estadual decretou estado de emergência em 24 municípios de Pernambuco na terça (30). Na quarta (31), o governador Paulo Câmara visitou as cidades de Catende e Ribeirão, na Zona da Mata Sul, para acompanhar o planejamento de ajuda humanitária às famílias desalojadas e de limpeza das áreas atingidas pela água, feito por 'gabinetes de crise' instalados nos dois municípios.Chuvas deixam mais de 47 mil fora de suas casas em Pernambuco (Foto: Editoria de Arte/G1)

Solidariedade

Para ajudar as famílias que perderam praticamente tudo nas enchentes, diversas instituições e entidades realizam arrecadação de alimentos não perecíveis e objetos de higiene pessoal. Há pontos de coleta no Recife, em Olinda e nos 15 campi do Instituto Federal de Pernambuco (IFPE).

Entenda as fortes chuvas

No Nordeste, as chuvas ocorrem por causa de um fluxo de vento que vem do oceano carregado de ar úmido, formando nuvens carregadas na costa e na Zona da Mata. De acordo com o meteorologista Celso Oliveira, da Somar Meteorologia, trata-se de um sistema chamado onda de leste, comum nesta região no outono e inverno.                                                                                           Pernambuco - Enchente 29 de maio de 2017
H1 Notícias                           

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

General Heleno: “Vamos fechar o Congresso Nacional. Não existe nenhuma Democracia em nosso País mais.”

Dois Bandidos se dar mal ao tentar roubar a Loja Magazine Luíza em Surubim

Noticia Urgente: Cantor Murilo Manoel de Moura sofre acidente de Moto e chega a óbito