quinta-feira, 8 de junho de 2017

Ambientalista alerta sobre riscos de espuma do rio Tietê: 'Não é tóxica, mas é nociva à saúde'

Segundo o site http://g1.globo.com:

Em entrevista ao Bom Dia São Paulo, presidente da Sabesp afirmou que não há perigo,  mas especialista explica que contato pode causar doenças. Espuma é resultado da poluição despejada no rio Tietê em Salto (SP) (Foto: Thiago Ariosi/TV TEM)Espuma é resultado da poluição despejada no rio Tietê em Salto (SP) (Foto: Thiago Ariosi/TV TEM)   cena é frequente e chama a atenção toda vez que aparece em abundância no trecho do Rio Tietê em Salto (SP): a famosa espuma branca com forte odor.

Apesar da também constante preocupação dos moradores, o presidente da Sabesp, Jerson Kelman, garantiu em entrevista ao Bom Dia São Paulo na manhã desta quinta-feira (8) que não há o que temer, já que a espuma não é considerada tóxica.
"É uma espuma horrorosa, mas não é tóxica. Ela vem de um agente ativo que existe em detergentes, em sabão em pó. A dona de casa conhece isso, quando ela coloca sabão em pó numa máquina e se agita, forma-se espuma. É como a espuma que você tem no seu tanque".
formação de espumas, como ocorre frequentemente no Rio Tietê ao longo das cidades de Santana de Parnaíba, Salto e Pirapora do Bom Jesus, está relacionada principalmente a baixa vazão da água, a presença de esgotos domésticos não tratados que dificultam a decomposição de detergentes domésticos.
Diante disso, a coordenadora de águas da SOS Mata Atlântica, Malu Ribeiro, alerta sobre a falsa ideia de que a declaração do presidente da Sabesp pode causar ao considerar que a espuma é a mesma causada pelos produtos de limpeza.
Na verdade, segundo a especialista, a espuma é extremamente nociva à saúde e pode causar várias doenças.
"Ele se baseou no termo científicio, técnico da palavra tóxica para dar tal afirmação. Porque, de fato, a espuma não é um material pesado como um mercúrio para ser tóxica, mas é, sim, extremamente nociva à saúde. Pode causar doenças só da pessoa inalar, pode causar ardência na garganta e, no contato direito, a pessoa pode ter problema de pele", explica.

Malu Ribeiro recomenda que as pessoas não se aproximem da espuma. "É tão nociva a espuma que as ruas que foram invadidas por ela precisam passar por um processo de higinezição depois que somem. Porque mesmo depois podem causar doenças, ainda para animais domésticos que podem passar pelo local. Então, a recomendaçao é evitar ao máximo mesmo essa espuma", finaliza.                                                                                                           "Lado bom"

Apesar ambientalista explica ainda que a espuma não é ao todo ruim, afinal ela faz o papel de tirar os contaminantes e bactérias do rio, que não tem tratamento de esgoto.

Além disso, Malu frisa que onde tem espuma, tem oxigênio e vida. Mas é necessário avaliar em quais condições isso ocorre, já que é em um ambiente contaminado pelo esgoto de várias cidades.  Espuma do rio Tietê invadiu rua 24 de outubro em Salto (Foto: João Conti/Arquivo Pessoal) Espuma do rio Tietê invadiu rua 24 de outubro em Salto (Foto: João Conti/Arquivo Pessoal)      

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mais 117 venezuelanos refugiados chegam a Pernambuco

Segundo o site https://g1.globo.com/pe/pernambuco: Este é o quarto desembarque de imigrantes que acontece no estado desde o início do acord...