Governo de Pernambuco anuncia contratação de 4,5 mil policiais e concursos anuais para a PM

Segundo o site http://g1.globo.com/pernambuco:

De acordo com o governador Paulo Câmara, medida tem o objetivo de dar respostas mais rápidas para o combate à criminalidade no estado.Resultado de imagem para foto Governo de Pernambuco anuncia contratação de 4,5 mil policiais e concursos anuais para a PMBuscando intensificar a segurança no estado, o governo de Pernambuco anunciou, nesta quarta-feira (12), o reforço de 4.500 policiais na Região Metropolitana do Recife (RMR) e no interior, que começam a atuar a partir de maio de 2017. A administração estadual também comunicou a instituição de um concurso anual com 500 vagas para a PM. (Veja vídeo acima)

Confiante de que a medida irá impactar diretamente na diminuição da criminalidade no estado, o governador Paulo Câmara afirmou que esse é o início de uma série de investimentos para priorizar a segurança pública em sua gestão. "Esse cenário [atual] nos preocupa muito, mas essas ações vão nos dar respostas em breve para esse grave problema que aflige a população pernambucana", afirmou o governador. Em março, o último balanço divulgado pela Secretaria de Defesa Social (SDS) registrou 977 homicídios em todo o estado nos dois primeiros meses de 2017.Resultado de imagem para foto  policiaisO efetivo de 4,5 mil policiais é composto por 1.500 recrutas, que passam por treinamento e chegam às ruas no segundo semestre do ano, por 1.200 aprovados e não classificados no último concurso, por 600 agentes escrivães aprovados no certame de 2016, por 744 policiais aposentados que serão reintegrados à corporação através do setor administrativo, por 316 servidores na Polícia Científica e por 140 delegados.
"A ideia do estado é ter delegados em todos os municípios e interiorizar a segurança pública no estado", comentou o secretário de Planejamento e Gestão, Márcio Stefanni. Somente em 2017, a ampliação do efetivo vai custar R$ 140 milhões aos cofres da administração estadual e, de acordo com o titular da secretaria, o estado tem condições financeiras de arcar com o incremento na folha, mesmo com a sanção do reajuste de 25% a 40% para os profissionais. “As contas do estado estão equilibradas, o que mostra que nós temos condições de efetuar esse aumento no número de profissionais”, esclarece.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

General Heleno: “Vamos fechar o Congresso Nacional. Não existe nenhuma Democracia em nosso País mais.”

Dois Bandidos se dar mal ao tentar roubar a Loja Magazine Luíza em Surubim

Noticia Urgente: Cantor Murilo Manoel de Moura sofre acidente de Moto e chega a óbito