Âncora despenca e mata criança de 12 anos no Bongi

Segundo o site http://www.diariodepernambuco.com.br: O Samu foi acionado, mas o menino não resistiu e faleceu no local.Marcas de sangue ficaram ao lado da âncora. Foto: Rafael Martins/ DPUma âncora de navio de grande porte, colocada há cerca de dez dias, como parte da decoração de um ponto comercial de doce e salgados, no Bongi, zona Oeste do Recife, matou uma criança que passava pelo local. O garoto estava com outros dois irmãos, que sobreviveram à tragédia. Um deles, Ismael Silvia Magalhães, 12 anos, decidiu brincar com o objeto que estava pendurado no muro que acabou de desprendendo e caindo sobre o garoto. O acidente aconteceu na Rua Itapemirim, por volta das 16h. O Samu foi acionado, mas o menino não resistiu aos ferimentos e falaceu no faleceu no local. 

No momento do acidente, o estabelecimento que funciona como lanchonete de encomendas de doces e salgados estava fechado. A âncora pesa cerca de 200 quilos e estava segura por cordas de navio, sem nenhuma proteção ou indicação de perigo. Segundo a dona de casa Tâmara Vieira, o garoto subiu no muro onde a âncora estava pendurada e Ismael teria se assustado com os latidos de cachorros da raça Pitbull que estavam do lado de dentro do ponto comercial. Ao pular, Ismael caiu em cima do irmão junto com a âncora.
 
 A dona de casa explicou que ao perceber a tragédia, um rapaz correu e puxou o irmão de Ismael. “Mas ninguém teve como puxar o outro garoto porque a barra de ferro estava em cima e só tinham dois rapazes para ajudar. Depois chegaram mais cinco homens e também não conseguiram. Um policial chegou e também não conseguiu. Só quando os dois policiais e os cinco rapazes se juntaram é que foi possível levantar o ferro. O garoto ficou com as pernas dobradas. Quando o Samu chegou ele já estava morto”, contou Tâmara.
 
Segundo os vizinhos, Ismael e seus irmãos, sendo um menino e uma menina, costumavam pedir alimentos nas residências do bairro. Peritos do Instituto de Criminalística (IC) foram ao local do acidente e verificaram que a âncora não tinha a proteção devida e que qualquer interferência poderia provocar um acidente fatal. Os vizinhos, informaram que o dono do estabelecimento comercial trabalha com objetos ligados ao mar e que decidiu abrir uma casa de doce e salgados para a esposa com decorações marítimas.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

General Heleno: “Vamos fechar o Congresso Nacional. Não existe nenhuma Democracia em nosso País mais.”

Dois Bandidos se dar mal ao tentar roubar a Loja Magazine Luíza em Surubim

Noticia Urgente: Cantor Murilo Manoel de Moura sofre acidente de Moto e chega a óbito