terça-feira, 18 de agosto de 2020

Tio de menina estuprada aos 10 anos é preso, diz governador do ES

 Segundo o site https://www.diariodepernambuco.com.brO tio da menina de dez anos, que engravidou ao ser abusada sexualmente pelo familiar, foi preso na madrugada desta terça-feira (18).                 (Paulo Paiva/DP Foto )A notícia foi divulgada pelo governador do estado do Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB), em uma rede social. O homem foi preso na cidade de Betim, em Minas Gerais e foi encaminhado para o Complexo Penitenciário de Xuri, em Vila Velha, na Grande Vitória. Antes de chegar em no estado de Minas, o homem passou pela Bahia. 


"A nossa polícia efetuou nesta madrugada a prisão do estuprador da menina violentada  no interior do ES. Que sirva de lição para quem insiste em praticar um crime brutal, cruel e inaceitável dessa natureza", afirmou  o governante.                                                                    O homem já havia sido preso entre maio de 2011 e março de 2018 por tráfico de drogas. Ele  foi indiciado por estupro de vulneránel e ameaça.                                                                        Caso

A menina de dez anos, natural do Espírito Santo que foi estuprada pelo próprio tio, veio ao Recife para efetivar o aborto autorizado pela justiça. A menina de 10 anos é natural da cidade de São Mateus, e vinha sendo violentada sexualmente há quatro anos por um tio de 33 anos.

No último domingo (16), a menina deu entrada no Centro Integrado de Saúde Amaury de Medeiros (Cisam-UPE), no bairro da encruzilhada, para dar início ao processo de interrupção da gravidez.

A presença da criança na unidade de saúde causou confusão no domingo (16). Grupos a favor e contrários ao aborto entraram em conflito, sendo necessária a presença da polícia.

Procedimento

A alta da criança de 10 anos submetida à interrupção da gravidez no Cisam, no Recife, está prevista para terça-feira (18). A coordenadora de enfermagem do Cisam (Centro Integrado de Saúde Amaury de Medeiros), hospital referência no atendimento à saúde da mulher, Benita Spinelli, disse que, após a interrupção da gravidez e da curetagem, a previsão é de alta em 24 horas.                     

Nenhum comentário:

Postar um comentário