quinta-feira, 20 de agosto de 2020

Polícia faz operação com 50 mandados e mira esquema de sonegação fiscal e lavagem de dinheiro

 Segundo o site https://g1.globo.com/pe/pernambucoDenominada 'Laranja de Pano', ação acontece em Pernambuco, Ceará, Goiás e São Paulo, segundo a Civil. Dos mandados, 25 são de prisão e os outros de busca e apreensão.Departamento de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado (Draco), no bairro de Tejipió, no Recife — Foto: Marina Meireles/G1A Polícia Civil desencadeou, nesta quinta-feira (20), a operação Laranja de Pano para desarticular uma organização criminosa ligada à lavagem de dinheiro e sonegação fiscal, que utilizaria empresas fantasmas. Ao todo, foram emitidos 25 mandados de prisão e outros 25 de busca e apreensão pela 1ª Vara Criminal da Comarca de Camaragibe, no Grande Recife.

Segundo a delegada Priscilla Von Sohsten, responsável pelas              investigações, a ação acontece simultaneamente em Pernambuco, Ceará, Goiás e São Paulo, com 20 prisões realizadas até as 6h40. Não foi        informado se algum dos alvos já estava preso.

A ação é comandada pela Delegacia de Combate aos Crimes contra                   a Ordem Tributária (Deccot) do Departamento de Repressão à                   Corrupção e ao Crime Organizado (Draco).

A investigação teve início em dezembro de 2019 e teve apoio da               Diretoria de Inteligência da Polícia Civil e também da Secretaria da          Fazenda (Sefaz). Detalhes do esquema criminoso não foram divulgados.

A operação é vinculada à Diretoria Integrada Especializada (Diresp) e           conta com a atuação de 165 policiais civis, entre delegados, agentes e escrivães, e 28 auditores fiscais.

Os presos e materiais apreendidos são encaminhados para a sede                    do Draco, no bairro de Tejipió, na Zona Oeste do Recife.

Nenhum comentário:

Postar um comentário