sexta-feira, 8 de maio de 2020

DORIA DECIDE SE REABRE SP

Segundo o site  EXAME: Um avanço nas conversas entre EUA e China ontem para um acordo comercial fez os mercados no exterior começarem o dia com otimismo. A Desperta destaca ainda o futuro de um potencial plano de reabertura em São Paulo, que seria divulgado hoje, e as negociações da dívida na Argentina                                              .Há vinte dias, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou que nesta sexta-feira, 8, seriam divulgados os detalhes do “Plano São Paulo”, o projeto de reabertura gradual. Mas a realidade das últimas semana mostra que o cenário atual está longe do projetado pelo governo. Desde o anúncio do plano, em 22 de abril, os casos confirmados da doença mais que dobraram, saindo de 15.901 para 39.928. As mortes quase triplicaram, de 1.134 para 3.206. A taxa de ocupação de leitos de UTI no SUS paulista é de 66,9% no interior e 89,6% na grande São Paulo. A capital registra há mais de uma semana níveis médios de isolamento de 47%. Ontem, o prefeito Bruno Covas (PSDB) endureceu as regras de rodízio de carros e disse que vai divulgar novas medidas de quarentena também nesta sexta. Mesmo no interior, a cada três dias, 38 novas cidades têm casos da doença pela primeira vez. O Centro de Contingência do Coronavírus, do governo paulista, divulgou ontem um estudo projetando que o estado terá 40.000 mortes nos próximos dois meses caso a taxa de isolamento social se mantenha em 50%. Parece improvável que alguma medida maior de abertura seja divulgada hoje. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário