domingo, 26 de abril de 2020

'Morte' espanta banhistas que não respeitam isolamento em praia

Segundo o site https://odia.ig.com.br/mundoCom uma capa e uma foice, advogado afugenta quem vai ao local                                Homem disse que pretende visitar todos os locais que abrirem prematuramente durante a pandemiaNos próximos dias, os banhistas que visitarem as praias da Flórida, nos EUA, terão uma companhia bastante inusitada: a "morte". Com uma capa e uma foice, um advogado decidiu realizar a ação para conscientizar os banhistas, principalmente após a divulgação de que o estado cogitava afrouxar as regras de isolamento instituídas desde o início da pandemia do Covid-19.

"Muitos têm me perguntado se eu pretendo viajar pelo estado e visitar outras praias da Flórida e estabelecimentos que abram prematuramente vestido de 'morte'. A resposta é com certeza. Me ajudam a divulgar essa publicação e espalhar a palavra", escreveu Daniel Uhlfelder, em postagem nas redes sociais.

Segundo Uhlfelder, a ideia é realizar as viagens a partir do dia 1º de maio e afugentar os banhistas que desrespeitarem as regras de isolamento social impostas pelo governo para evitar uma disseminação ainda maior do novo coronavírus (Sars-Cov-2).

Vale lembrar que os EUA são o país mais atingido pela nova doença e que nesta sexta-feira (24) atingiram a marca de 50 mil mortes, o que representa mais de um quarto do registros de todo o planeta.

Na última semana, conforme divulgou o New York Post, as praias da cidade de Jacksonville foram reabertas, o que causou uma grande aglomeração de pessoas no local, assim como em Cocoa Beach.

Ainda sobre o advogado, esta não é a primeira vez que ele ganha as manchetes nos EUA . No mês passado, Uhlfelder processou o governador do estado, o republicano Ron DeSantis, por não impôr regras mais rígidas de isolamento, algo que acabou acontecendo dias depois.

Nenhum comentário:

Postar um comentário