quarta-feira, 22 de abril de 2020

Esses sim são os verdadeiros super heróis

O Blog Visão Surubim parabeniza os verdadeiros HERÓIS!Pelos Heróis da Saúde: FIEPE lança campanha para arrecadar ...Poxa, esta toda equipe medicas são os verdadeiros heróis, são eles que estão de frente do campo de batalha, eles merecem todos os nossos aplausos, enfrentando o que não se ver, pois estes vírus são invisíveis mais eles enfrentam com muito cuidado e não fogem mesmo sabendo que pode ser infectados, cada um deles tem famíliaMédico de Petrolina comemora evolução de paciente de Covid-19 ao som de Asa Branca
A imagem tomou conta da internet e provocou reações de esperança e força de vontade nas redes sociais, para quem convive com vírus           Mesmo correndo o risco,, mais ainda encontra tempo para dar esperanças as outras pessoas com muito humor                                 

Além de longas jornadas, enfermeiras enfrentam falta  de equipamentos de proteção  em pernambuco      

Mulheres são 85% dos profissionais da área, linha de frente no combate à pandemia do coronavírus                                                            

Médicos fazem homenagem a auxiliar de enfermagem morta por covid-19

                                

    

Band Jornalismo                        No site https://www.diariodepernambuco.com.brEnfermeiros ameaçam parar por falta de materiais de proteção contra coronavírus em hospitais no dia 17/03/2020.                                  Enfermeiros de hospitais vinculados ao governo de Pernambuco prometem paralisar as atividades  Além da campanha  por reajuste salarial, a categoria denuncia que o estado não está disponibilizando para os profissionais máscaras, luvas, álcool em gel e sabão nas unidades médicas - coisas que garantem a integridade do trabalho, especialmente    no atual cenário de infecções pelo novo coronavírus. Ainda, alegam que o  Hospital Correia Picanço (referência     para tratamento de infecções) está sem ar-condicionado, chegando a ter ventiladores instalados em UTIs. SEEPE denuncia más condições em hospitais estaduais, como o Correia Picanço, referência para casos de infecções. Sindicato alega que ar-condicionado quebrado leva pessoas a usarem ventiladores até em UTIs. (Foto: Cortesia/Whatsapp.)“O Hospital Correia Picanço está há mais de seis meses com ar-condicionado quebrado. Pacientes e profissionais estão tendo que levar ventilador até mesmo para UTIs, o que é um absurdo para controle de infecção. No Hospital Geral de Areias, só tinha 20 máscaras para todo mundo Estamos desesperados, sem saber o que fazer, porque estamos sendo obrigados a trabalhar nessas condições”, acrescenta Ludmila. Parabéns a todos os profissionais da área, mesmo sabendo das dificuldades e riscos eles estão sempre dispostos a lutar e tentar salvar as vidas.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário