terça-feira, 24 de março de 2020

Decreto da quarentena começa nesta terça. Veja o que abre e fecha

Segundo o site https://noticias.r7.comEstabelecimentos que servem alimentos e bebidas em mesas ou balcões só poderão atender pedidos por telefone ou serviços de entrega                       Lojas com as portas fechadas na região da Rua Santa Ifigênia, no centro de SP

Lojas com as portas fechadas na região da Rua Santa Ifigênia, no centro de SP

MISTER SHADOW/ASI/ESTADÃO CONTEÚDO
determinação de quarentena em todos os 645 municípios do estado de São Paulo começa a vigorar a partir desta terça-feira (24). Durante 15 dias, a medida impõe o fechamento do comércio, exceto serviços essenciais de alimentação, abastecimento, saúde, bancos, limpeza e segurança.
Leia também: Saiba como se proteger e tire suas dúvidas sobre o novo coronavírus                                                                                                                      Só ficarão abertos estabelecimentos com atendimento presencial que prestam serviços considerados essenciais. A medida visa proteger a saúde pública e reduzir a disseminação do novo coronavírus. O cumprimento da quarentena será fiscalizado pelo estado e também pelas prefeituras. 
Veja o que pode e não pode funcionar 
Comércio
Fechamento do comércio atinge todas as lojas com atendimento presencial. Estabelecimentos podem atender por serviços online ou por aplicativos.
Bares e restaurantes
O fechamento inclui bares, restaurantes, cafés e lanchonetes. Estabelecimentos que servem alimentos e bebidas em mesas ou balcões só poderão atender pedidos por telefone ou serviços de entrega.
Alimentação
Podem funcionar supermercados, hipermercados, açougues e padarias – que não poderão permitir o consumo dentro do estabelecimento durante a quarentena.
Abastecimento
Poderão atuar normalmente transportadoras, armazéns, transporte público, táxis, aplicativos de transporte, serviços de call center e bancas de jornais. 
Pet shops
Por comercializar alimentos e medicamentos veterinários, são considerados essenciais para a saúde dos animais.
Serviços de saúde
Está liberado o funcionamento de hospitais, clínicas – inclusive as odontológicas – e farmácias.
Indústria
Continuam operando normalmente e gestores devem seguir as recomendações para adequar os estabelecimentos às condições de funcionamento diante da pandemia.
Construção civil
O setor deve continuar operando com os devidos cuidados sanitários para proteger e amparar funcionários.
Borracharias e oficinas
Devem continuar funcionando uma vez que veículos de transporte, como ambulância e carros de polícia, precisam ter suportes para atender a população.
Postos de combustíveis
Funcionam normalmente e podem vender produtos elaborados ou não perecíveis, porém não devem funcionar como restaurantes, uma vez que o serviço está proibido. 
Podem oferecer serviços durante a quarentena:
Empresas de segurança privada
Empresas de limpeza
Manutenção e zeladoria
Bancos
Lotéricas

Nenhum comentário:

Postar um comentário