quinta-feira, 10 de outubro de 2019

Ruas no entorno do Mercado de São José passam a ser exclusivas para pedestres

Segundo o site https://g1.globo.com/pe/pernambucoPrefeitura do Recife anunciou, nesta quarta-feira (9), que plano entra em vigor na quinta (10). Segundo projeto, foi contemplada área onde havia barracas de ambulantes.
Duas vias que ficam no entorno do Mercado de São José, no Centro do Recife, passam a ser exclusivas para pedestres, a partir da quinta-feira (10). De acordo com a prefeitura, o plano de mobilidade abrange uma área de 1.870 metros quadrados, onde, anteriormente, ficavam vendedores ambulantes. Os camelôs e feirantes foram levados para o anexo Centro Comercial do Cais de Santa Rita.

O novo plano abrange as laterais Leste (a partir da Rua Padre Muniz até a Rua do Porão) e Sul (a partir da Rua José do Ribamar até a Rua Padre Muniz) (veja imagem abaixo). As 25 vagas de estacionamento Zona Azul já existentes nas laterais Oeste e Norte serão preservadas.
Mapa mostra áreas que passam a ser exclusivas para pedestres próximo ao Mercado de São José — Foto: Prefeitura do                                                                                                Recife/Divulgação                                                                                        Ainda segundo a prefeitura, um projeto da Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU) prevê a implantação de faixas elevadas, duas delas nas áreas que passam a ser exclusivas para pedestres, para facilitar a travessia das pessoas com deficiência e com mobilidade reduzida. Outras duas faixas do tipo devem ser implantadas nas áreas com circulação de veículos.
Na região, serão implantadas, ainda, cinco faixas de pedestres e cinco refúgios, para diminuir o espaço de travessia das vias. Duas vagas de estacionamento para ônibus de turismo também estão previstas para serem implantadas na lateral Norte do Mercado de São José.
Toda as obras, de recuperação do pavimento original, drenagem e implantação de travessias elevadas, têm prazo para serem finalizadas até dezembro de 2019.
A prefeitura afirma que a pavimentação está sendo recuperada com a retirada do asfalto que cobre o piso original, em paralelepípedos, e os diversos tipos de piso provenientes das barracas que foram retiradas.
A ação é realizada nas ruas que contornam o mercado e a Praça Dom Vital, que são continuação das Rua das Calçadas, Rua da Praia, Rua Padre Muniz e Rua do Porão, além da Travessa do Mercado.
                                              
Por G1 PE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Governo do Chile decreta estado de emergência em Santiago por protestos

Segundo o site  https://veja.abril.com.br/mundo :  Segundo os primeiros relatórios, 19 estações de metrô e 16 ônibus urbanos foram danificad...