quinta-feira, 19 de setembro de 2019

Câmara aprova projeto de Pastor Eurico que aumenta pena para líder religioso que cometer abuso sexual

Segundo o site https://medium.com/@patriotanacamaraA Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJC) da Câmara dos Deputados aprovou, na tarde desta quarta-feira (18), projeto (PL 2.930/2019) do deputado Pastor Eurico (PATRIOTA-PE) que aumenta a punição caso o crime de abuso sexual seja cometido por líder religioso.

O texto aumenta em 50% as penas para os casos de abuso sexual previstos no Código Penal. Hoje, esse agravamento de pena é aplicado se o crime for cometido por padrasto ou madrasta, tio, irmão, cônjuge, companheiro, tutor, curador, ou por quem tiver autoridade a vítima.

Segundo o texto aprovado na CCJC, o aumento de pena se aplicará também nos casos em que o crime for cometido por líder religioso ou se por pessoa que inspire “confiança” da vítima.
Se já estivesse em vigor, esse aumento de pena se aplicaria a inúmeros casos revelados no noticiário brasileiro, considerados sombrios e escandalosos, como os do médium João de Deus, do guru Sri Prem Baba e de outras figuras religiosas de diversas crenças.
“Os relatos das vítimas são assustadores e profundamente chocantes”, diz Pastor Eurico. “Se, ao ouvir as histórias, nós já perdemos o fôlego diante de tanta covardia, imagine o quanto sofrem as vítimas”, completa.
O projeto tramita em conjunto com o PL 2665/2019, de Luiz Lima (PSL/RJ) e vai direto para o Plenário da Câmara.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Lava Jato: Horacio Cartes teria enviado US$ 500 mil a doleiro foragido

Segundo o site https://www.redetv.uol.com.br:  Cartes teria enviado o valor para Messer  Integrantes da força-tarefa da   Lava Jato no Rio d...