sábado, 7 de setembro de 2019

Bolsonaro abre desfile da Independência em Brasília com 4,5 mil pessoas

Segundo o site https://exame.abril.com.br/brasilEvento com segurança reforçada na esplanada dos Ministérios celebra os 197 anos da proclamação da Independência do Brasil
Jair Bolsonaro: presidente desfila em carro aberto no incio do desfile de 07 de setembroFoto: Isac Nóbrega/PR (Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

A Esplanada dos Ministérios está pronta para a celebração dos 197 anos da proclamação da Independência do Brasil.Jair Bolsonaro. O presidente acompanha a apresentação ao lado da primeira-dama Michelle, dos filhos, além de diversos ministros e autoridades.
A abertura do desfile cívico-militar, às 9h, teve a participação do presidente da República,
Bolsonaro chegou à tribuna de honra, montada na Esplanada dos Ministérios, no Rolls Royce presidencial, junto a um de seus filhos, o vereador carioca Carlos Bolsonaro. Ele foi recebido pelo governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha; pelo ministro da Defesa, Fernando Azevedo; pelo presidente do Senado, Davi Alcolumbre; e pelo presidente em exercício da Câmara dos Deputados, Marcos Pereira. Em seguida, já posicionado na tribuna, Bolsonaro recebeu as honras militares da Guarda Presidencial.
                        A esposa Michelle e a filha Laura chegaram antes e acompanharam a aproximação do presidente da tribuna. Outros dois filhos do presidente, o senador Flávio Bolsonaro e o deputado federal Eduardo Bolsonaro também estão na tribuna de honra. Conforme determina o protocolo, o início do desfile foi autorizado pelo presidente, após solicitação ao Comandante Militar do Planalto, o general Sergio da Costa Negraes, que conduz a apresentação.
Também estão na tribuna de honra presidencial o vice-presidente Hamilton Mourão, e boa parte dos ministros do governo, entre eles Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional), Onyx Lorenzoni (Casa Civil), Tereza Cristina (Agricultura), Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo), Ricardo Salles (Meio Ambiente), Marcos Pontes (Ciência e Tecnologia) e Abraham Weintraub (Educação).
O governador do Rio, Wilson Witzel, passou em carro blindado do Exército e foi aplaudido ao acenar para as pessoas que acompanham o evento nas arquibancadas.
Este ano desfilarão mais de 4,5 mil pessoas, sendo 3 mil militares das Forças Armadas. Entre as atrações estão a passagem do Fogo Simbólico que será conduzido pelo atleta Altobeli Santos da Silva (3º sargento da Marinha do Brasil), o desfile de alunos de escolas do Distrito Federal e a Pirâmide Humana, do Batalhão de Polícia do Exército de Brasília. O grupo possui recorde mundial por ter apresentado 47 militares em deslocamento em uma única moto. Encerrando o desfile, a Esquadrilha da Fumaça fará o show acrobático no céu de Brasília, informou a Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência da República.

Drones

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, as forças de segurança do Distrito Federal atuarão, de forma integrada. O Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) atuará com pontos de atendimento no local, enquanto a Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) reforçará o efetivo da 5ª Delegacia de Polícia, responsável pela área onde será realizado o evento.
Todo o ato será monitorado, em tempo real, por meio de câmeras de videomonitoramento distribuídas na área central de Brasília. As imagens captadas serão enviadas ao Centro Integrado de Operações de Brasília (Ciob), da Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal (SSP/DF). O centro de gestão compartilhada reúne 21 órgãos, instituições e agências do Governo do Distrito Federal voltadas para segurança, mobilidade, saúde, prestação de serviço público e fiscalização.
O porta-voz do Comando Militar do Leste, coronel Carlos Cinelli, disse que está tudo pronto para mais uma edição do desfile: “A população pode esperar um desfile muito bonito e muito sincronizado.”
Ele chama a atenção, no entanto, para uma questão de segurança sobre o uso de drones que estão proibidos, na área do desfile. “Como nós teremos o emprego de aeronaves, tanto aviões como helicópteros das nossas Forças Armadas e forças auxiliares, está proibido qualquer uso de drone, de qualquer natureza e para qualquer finalidade, na área do desfile”, disse Cinelli.

Revistas

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, haverá linhas de revista proximidades da Catedral, na altura da Alameda das Bandeiras e próximo às escadas dos ministérios, nos dois lados na Esplanada. As três primeiras escadas a partir do Ministério da Justiça estarão interditadas. O quadrante entre o Teatro Nacional e a L2 Norte estará reservado para os ônibus que levarão participantes ao desfile.
A secretaria alertou que não será permitido portar objetos perfurantes ou cortantes como vidros, fogos de artifício, hastes para bandeiras e qualquer outro material que possa causar ferimentos. Outra restrição é o uso de drones sem autorização no espaço aéreo da Esplanada.

Itens proibidos:

– Fogos de artificio e similares;
– Armas em geral;
– Apontador a laser ou similares;
– Artefatos explosivos;
– Sprays e aerossóis;
– Mastros confeccionados com qualquer tipo de material para sustentar ou não bandeiras, cartazes etc;
– Fogões e similares que utilizem gás e/ou eletricidade;
– Armas de brinquedo, réplicas, simulacros e quaisquer itens que possuam aparência de arma de fogo;
– Drogas ilícitas, conforme a legislação brasileira;
– Substâncias inflamáveis de qualquer tamanho ou tipo;
– Armas brancas ou qualquer objeto que possa causar ferimentos, mesmo que representem utensílios de trabalho ou cultural (tesouras, martelos, flechas, tacos, tacape, brocas);
– Quaisquer outros itens por motivo de segurança;
– Quaisquer outros itens a serem divulgados, com antecedência mínima de 24 horas da operação, pela PMDF e/ou SSP-DF e/ou GDF.

Estrutura

De acordo com a secretaria, as arquibancadas têm capacidade para receber até 20 mil pessoas sentadas. Outra parte do público tradicionalmente acompanha a programação nos arredores da Esplanada dos Ministérios. Para melhor visualização de todas as atrações, o número de telões passou de três para dez, neste ano. Serão distribuídos ao público 15 mil panfletos com a programação.
 Foram montadas seis tribunas sendo quatro do Governo Federal, com capacidade para receber até 920 convidados. O palanque presidencial tem a previsão de receber 220 convidados. No palanque do Ministério da Defesa serão 300 convidados, outros 200 no Ministério das Relações Exteriores e no da Secretaria Especial de Comunicação da Presidência da República, mais 200 convidados. As outras duas tribunas são destinadas a parlamentares e ao Governo do Distrito Federal.
De acordo com a secretaria, neste ano o tema escolhido para as comemorações é Vamos Valorizar o que é Nosso, mesmo conceito adotado pela Semana do Brasil, iniciativa lançada pelo Governo Federal para estimular o patriotismo e ações promocionais no comércio varejista. A campanha vai de 6 a 15 de setembro.
Segundo a secretaria, a previsão de custos para realização do 7 de setembro é de R$ 971.500, de acordo com licitação feita pela Presidência da República.

Trânsito

O trânsito de veículos na Esplanada dos Ministérios está interditado desde as das 23h de sexta-feira (6). Todos os estacionamentos dos ministérios ficarão fechados e apenas os dos anexos serão liberados. Além disso, o Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) faz o controle do tráfego nas vias S1, S2 e adjacências desde as 5h30 de sábado (7).
A via N1 será totalmente destinada ao desfile cívico. Já a via S1 e a ligação da L2 Sul com a S1, a partir da altura da Catedral, ficarão abertas apenas para coletivos escolares e credenciados até as 8h da manhã de sábado. A partir desse horário o fechamento será total e os veículos serão canalizados para o Buraco do Tatuí (ligação L2 Sul/L2 Norte).
Em frente ao Itamaraty, haverá um Ponto de Controle de Trânsito (PCTran) onde os agentes farão controle de fluxo dos carros de autoridades e convidados, com credenciais ou convites, que estiverem se dirigindo para as tribunas de honra
Na Praça dos Três Poderes outro PCTran fará o bloqueio do trânsito para a via N1, permitindo apenas o acesso dos ônibus de desembarque do pessoal que participará do desfile, até as 8h. Após esse horário o acesso de veículos coletivos de escolares à N1 também será bloqueado e o fluxo será canalizado para a via S2 e para o estacionamento do Supremo Tribunal Federal (STF).



 Viaturas e veículos autorizados que estiverem saindo da via S1 para a S2 utilizarão o estacionamento do Supremo Tribunal Federal (STF). Os túneis de acesso ao Itamaraty e à Catedral ficam bloqueados entre 5h30 e meio-dia, e os veículos serão desviados para os estacionamentos dos anexos situados ao longo da S2.
Os agentes de trânsito também atuarão para coibir estacionamento em locais proibidos ou que prejudiquem a fluidez nas vias e a segurança nas proximidades do evento. Para isso serão disponibilizadas viaturas, guincho e empilhadeira durante toda a manhã de sábado.

Cuidados necessários

O Distrito Federal permanece com baixa umidade, sol forte e temperaturas elevadas. Em razão disso o CBMDF recomenda o uso de roupas leves, protetor solar, bonés, chapéus e beber bastante água para quem for assistir ao desfile.
Equipes da corporação estarão em diferentes pontos da Esplanada e podem ser acionadas para atendimentos. Haverá ainda um posto de comando para atendimento pré-hospitalar, incêndio e salvamento. Em caso de qualquer emergência, autoridades orientam ligar no 193.   

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vaquejada de Surubim foi um grande sucesso de publico 2019

A  Vaquejada de Surubim 2019   82ª edição. Vaquejada, uma das maiores atividades culturais do Brasil.  Dois vaqueiros montam a cavalo p...