segunda-feira, 8 de julho de 2019

Tradutora brasileira é encontrada morta em quarto de hotel no Chile

Segundo o site https://www.noticiasaominuto.com.br/mundo: Giovanna Elias Bardi, 35, fazia sua primeira viagem sozinha e foi encontrada morta em quarto de hotel no Chile
S
ÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Uma tradutora brasileira foi encontrada morta no quarto de um hotel em Santiago, no Chile, neste último sábado (6). Giovanna Elias Bardi, 35, fazia sua primeira viagem sozinha. O passeio dela ao país vizinho estava programado para durar quatro dias.                                                                                      
Ela retornaria à cidade de Sorocaba, no interior de São Paulo, também neste sábado. O namorado de Giovanna, o engenheiro de produção Leandro Bonello, foi quem comunicou a morte da companheira pelas redes sociais.
"Amigos, é com grande tristeza que informo o falecimento da minha namorada Giovanna Elias Bardi. Amanhã [domingo] conseguirei mais informações", escreveu no Facebook.
Bonello foi um dos últimos a fazer contato com a tradutora por telefone na noite de quinta-feira (4). Na manhã seguinte, parentes e o próprio namorado ficaram preocupados com o sumiço da brasileira, que não respondeu às mensagens enviadas.
Eles entraram em contato com a direção do hotel e pediram para que um funcionário fosse até o quarto da brasileira. Giovanna foi encontrada desacordada. Ela foi levada pelo serviço de emergência local até um hospital mais próximo. A unidade declarou oficialmente a morte dela.
Assim que souberam do falecimento da tradutora, Bonello e a mãe dela pegaram um voo rumo a Santiago. Eles chegaram na tarde deste domingo (7) e deverão receber apoio da embaixada do Brasil no Chile para os trâmites de traslado do corpo.
A reportagem procurou o Itamaraty e aguarda uma posição da instituição sobre como o caso será investigado pela polícia chilena. A causa da morte de Giovanna ainda é desconhecida.
Em outra publicação nas redes sociais, Leandro Bonello disse que está sendo difícil acreditar na morte da namorada. "Onde quer que você esteja sinta-se amada, abraçada. A ficha está difícil de cair, sua falta pesa em cada segundo. Queria muito você aqui comigo", disse.
  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Senadores se unem para denunciar arbitrariedades do STF, fazem alerta e convocam

Segundo o site  https://noticiabrasilonline.com :  Os senadores Plínio Valério, Eduardo Girão, José Reguffe e Jorge Kajuru apontaram arbitra...