terça-feira, 2 de julho de 2019

Corpo de PM morto por criminosos é velado em Santa Maria do Cambucá

Segundo o site https://interior.ne10.uol.com.br: André José Silva, 32 anos, deixou há dois anos o sítio em que morava para realizar o sonho de ser policial
O corpo do soldado da Polícia Militar André José Silva, 32 anos, que foi morto em confronto com criminosos em Santa Cruz do Capibaribe
, no Agreste de Pernambuco, está sendo velado na manhã desta terça-feira (2) no Sítio Juliana, na cidade de Santa Maria do Cambucá.                                        
O corpo do policial foi liberado na noite dessa segunda-feira (1º) do Instituto de Medicina Legal (IML) de Caruaru, também no Agreste, e em seguida seguiu para o 4º Batalhão da Polícia Militar, onde André foi homenageado.
André Silva deixou o Sítio Juliana há dois anos para realizar o sonho de ser policial. Atuava na Rocam de Santa Cruz do Capibaribe. Na tarde dessa segunda, foi morto durante uma troca de tiros com homens que tinham acabado de assaltar um mercado e uma casa lotérica no bairro Dona Lica.
Soldado André Silva, 32 anos, foi morto durante troca de tiros com criminosos em Santa Cruz do Capibaribe
Reprodução/TV Jornal Interior
"Ele deixa a família inconformada, porque ele tem três filhas e está deixando. Tem uma de um ano, a mais velha de 14, e outra de oito", lamentou a prima Patrícia Silva. O sepultamento deverá acontecer às 14h desta terça-feira. A família aguarda a chegada de um tio que mora em São Paulo e de amigos do que concluíram o curso de formação com ele.

Entenda o caso

Na tarde dessa segunda, quatro homens armados assaltaram uma casa lotérica e um mercado no bairro Dona Lica, em Santa Cruz do Capibaribe, e foram perseguidos por uma viatura da Polícia Militar. A viatura foi atingida por vários disparos. O soldado André José da Silva, 32 anos, que dirigia a viatura, foi ferido e não resistiu.
Já o PM que estava no banco do passageiro, Moacir Pereira, 47, ficou ferido, mas conseguiu sair do veículo. Ele foi levado para a UPA de Santa Cruz do Capibaribe para receber atendimento e depois transferido para o Hospital Regional do Agreste (HRA). Os assaltantes fugiram e até a publicação desta matéria não tinham sido encontrados. O carro deles foi encontrado abandonado em Barra de São Miguel, na Paraíba.

Câmeras flagraram troca de tiros

Imagens de câmeras de segurança mostram o momento em que o carro dos assaltantes - um Fox branco - passa na rua; atrás dele vem a viatura da Polícia Militar. Depois de passar por uma esquina, os criminosos param o carro, descem e atiram contra a viatura. Ainda é possível ver o que parece ser um tiro efetuado pelos policiais contra os assaltantes. Os criminosos são quatro, mas na viatura havia apenas dois policiais.
Um funcionário do mercado confirmou que o dinheiro do caixa foi levado e os assaltantes fizeram várias ameaças e xingamentos aos clientes. Pouco depois do assalto, os homens foram perseguidos pela Polícia Militar.
   

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Governo estuda liberar até 35% do FGTS; desmatamento é prejudicial ao agronegócio e outras notícias

Segundo site  Boletim Diário do LinkedIn :  Governo estuda liberar até 35% do FGTS. Junto com a liberação dos recursos do FGTS, haverá ...