quinta-feira, 27 de junho de 2019

Argentina apreende arsenal de 1000 armas que seriam enviadas ao Brasil

Segundo o site https://www.msn.com: Um verdadeiro arsenal de guerra foi apreendido nesta quinta-feira na Argentina numa megainvestigação que envolveu a colaboração de autoridades da Argentina, Estados Unidos e Brasil. Cerca de 1.000 armas, entre fuzis, metralhadoras e espingardas, foram apreendidas pelas forças policiais argentinas em 52 endereços diferentes nas cidades de Buenos Aires, Córdoba, Rio Negro e Santiago Del Estero. Ao todo, pelo menos 17 pessoas foram presas. O destino final das armas era o Brasil.
Segundo uma fonte da Polícia Federal, há dois brasileiros do interior de São Paulo envolvidos com a quadrilha de tráfico internacional de armas. Um deles foi preso pela Polícia Civil e outro está solto. Eles teriam o registro regular de atirador esportivo, licença que é concedida pelo Exército brasileiro.
Conforme informações concedidas pela ministra de Segurança da Argentina, Patricia Bullrich, as armas vinham em peças dos Estados Unidos e da Europa, eram montadas na Argentina e enviadas ao Paraguai. De lá, entrariam no Brasil pela cidade de Pedro Juan Caballero, que faz fronteira com Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul. O município é palco de uma guerra sangrenta entre as facções criminosas Primeiro Comando da Capital (PCC) e o Comando Vermelho há pelo menos dois anos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Governo estuda liberar até 35% do FGTS; desmatamento é prejudicial ao agronegócio e outras notícias

Segundo site  Boletim Diário do LinkedIn :  Governo estuda liberar até 35% do FGTS. Junto com a liberação dos recursos do FGTS, haverá ...