domingo, 3 de fevereiro de 2019

Ministro da Infraestrutura viaja de caminhão para conhecer de perto os desafios da BR-163

Segundo o site https://www.caminhoes-e-carretas.com:
O Ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, cumpriu nesta semana com uma de suas promessas que vinham sendo feitas em diversas reuniões e audiências com representantes do transporte rodoviário de cargas. Abordo de um caminhão, o novo Ministro do atual Governo de Jair Messias Bolsonaro, percorreu mais de 1000 quilômetros da BR-163, entre Sinop, Mato Grosso e Santarém, Pará.
A viagem que será concluída nesta sexta-feira (1), garantiu ao Ministro a oportunidade de conferir de perto os principais problemas e desafios encarados diariamente por caminhoneiros que percorrem a rodovia transportando a safra brasileira de grãos. 
O ponto crítico da viagem e inspeção do Ministro, Tarcísio de Freitas, se concentra no trecho de 51 quilômetros sem pavimentação no estado do Pará. No local, o ministro conheceu de perto as ações que vêm sendo executadas pelo Exército Brasileiro, afim de garantir a trafegabilidade e o escoamento com segurança da safra.
Batizada de Operação Radar, o conjunto de ações que vêm sendo realizadas pelo 8º Batalhão de Engenharia do Exército Brasileiro conta com o apoio de agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). 
A operação, que teve início no dia 2 de dezembro de 2018 e segue até maio de 2019, traz uma série de medidas, como a instalação de bases operacionais em três trechos da BR (pontos críticos), localizados entre os municípios de Novo Progresso e Moraes Almeida; mobilização de mais de 900 pessoas de equipes do DNIT e do Exército; implantação de sinalização específica para controle do tráfego, e envio de mais de 40 veículos e equipamentos especiais, como picapes, retroescavadeiras, containers, caminhões carroceria, caminhões tanque, tratores agrícolas, motoniveladoras, escavadeiras hidráulicas e cavalos mecânicos com reboque.
“Organizamos esta grande operação para evitar a formação de filas e permitir que o escoamento chegue tranquilamente aos portos do Arco Norte, que vem crescendo cada vez mais. Esse trabalho coordenado é para fazer com que o Estado cumpra o seu papel de ajudar quem está produzindo, quem está gerando emprego e, no final das contas, que isso conduza ao crescimento econômico, à equidade social, que é o que todos almejam”, explicou o ministro Tarcísio Freitas. 
Uma das principais metas do Ministro, a conclusão total da pavimentação do trecho entre a divisa do estado do Mato Grosso até Santarém, Pará, está estimada em R$ 2,55 bilhões e com previsão para ser concluída até o fim de 2019. 

Segundo a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), a produção estimada para a safra 2018/19 é de 237,3 milhões de toneladas, crescimento de 4,2% em relação à safra passada. Esse resultado representa, até o momento atual, a possibilidade de aumento na produção brasileira de 9,54 milhões de toneladas. Até então, o recorde é da safra 2016/17, que fechou em 237,6 milhões. Entre os destaques do estudo da Conab, estão a soja, que deve atingir 118,8 milhões de toneladas, e o milho primeira safra, que deve resultar em uma produção de 27,5 milhões de toneladas.                                                    TEXTO: Lucas Duarte
FOTOS: Alberto Ruy/Ascom Infraestrutura 
Com informações: Ministério da Infraestrutura 
Caminhões e Carretas    

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Prefeitura de Surubim realiza Acupuntura para a população poder ter uma vida mais saudável

Segundo o site Assessoria de Imprensa Prefeitura de Surubim PE:  Você sabe o que é Acupuntura Auricular? É uma técnica de usar pontos na pel...