Bolsonaro já vai assumir o governo com rombo de quase R$ 260 bilhões no Orçamento

Segundo o site https://cbn.globoradio.globo.com:
Ele terá a missão de negociar com o Congresso para abrir crédito extra e pagar despesas essenciais. Pela primeira vez, o Executivo terá que fazer dívida para arcar com os gastos cruciais da máquina pública. Para não descumprir a 'regra de ouro', o futuro presidente precisará explicar o destino do dinheiro e obter a autorização do Legislativo.
Jair Bolsonaro em solenidade no Congresso. Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

Comentários